Início » “UM ESPETÁCULO! COISA MAIS LINDA… BELO DE SE VER” DIZ FÁTIMA BEZERRA SOBRE TESTE DE ILUMINAÇÃO NO TAM

“UM ESPETÁCULO! COISA MAIS LINDA… BELO DE SE VER” DIZ FÁTIMA BEZERRA SOBRE TESTE DE ILUMINAÇÃO NO TAM

  • por
Compartilhe esse post

Na noite desta quinta-feira (10), a governadora Fátima Bezerra se expressou acerca da beleza que foi o teste de iluminação realizado no Teatro Alberto Maranhão. Por meio do seu perfil nas redes sociais, ela escreveu:

Um espetáculo! Olha que coisa mais linda o teste de iluminação feito agora à noite no nosso Teatro Alberto Maranhão! Belo de se ver 😍👏🏾👏🏾👏🏾”

Administrado pela Fundação José Augusto, o Teatro Alberto Maranhão (TAM) recebe a maior restauração física de sua história, executada pelo Projeto Governo Cidadão e Secretaria de Turismo, com recursos do empréstimo junto ao Banco Mundial, e fiscalizada pela FJA e Iphan. Dessa forma, todos os elementos estão passando por intervenções para devolver suas características históricas e arquitetônicas originais. As fachadas contam com importante reintegração nos adornos e paredes, com direcionamento, inclusive, do traço de argamassa que deve ser utilizado pela construtora responsável, a Ramalho Moreira.

A intervenção do Governo do RN abrange desde a renovação das estruturas elétricas, hidráulicas e de acessibilidade do espaço, até a climatização e paisagismo, reestruturação do palco e camarins, passando ainda por ações de combate a incêndio e implementação de sistema de esgoto. Estão sendo aplicados R$ 10,4 milhões em obras e equipamentos.

As obras atravessam, desde o começo deste ano, sua fase final, restando a conclusão de serviços como emassamento de paredes, pintura, revestimento, restauro de ladrilhos, finalização de recuperação do forro, conclusão das instalações elétricas e hidráulicas, instalação e ligação da subestação e, por fim, a limpeza final.

AVANÇO DA OBRA

A atual gestão do Governo do Estado encontrou apenas 5% das obras executadas e uma série de entraves que dificultavam o andamento do cronograma. O projeto anterior continha erros técnicos que exigiram adequações, e um exemplo disso é a não inclusão da reforma da caixa cênica do teatro. Depois de desenvolvido por dois especialistas, o projeto foi aprovado pelo Banco Mundial para ser incluído no acordo de empréstimo.


Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *