Início » Arquivos para Tulio Lemos » Página 3

Tulio Lemos


DEPUTADO JOÃO MAIA ALUGOU CARRO SUPERFATURADO COM DINHEIRO PÚBLICO

  • por
Compartilhe esse post

Deputado federal reeleito usou dinheiro do Fundo Eleitoral para gastos e terá que devolver R$35 mil aos cofres públicos

Foto: Agência Câmara

Por Alessandra Bernardo

A Justiça Eleitoral constatou o superfaturamento de preços na prestação de contas de campanha do deputado federal reeleito João Maia (PL). Conforme a comissão de análise de contas do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN), o parlamentar alugou uma caminhonete Toyota SW4 com o valor superfaturado em quase 300% usando recursos públicos do Fundo Eleitoral, e terá que restituir o Tesouro Nacional em R$ 35 mil. Foram encontradas inconsistências ainda referentes à locação de outros dois veículos de luxo – um Jeep Compass e uma Ford Ranger –, abastecimentos de combustíveis e a doação de serviços de administração, feito pela esposa de João Maia e prefeita do município de Messias Targino,  Shirley Targino.

Conforme o parecer técnico conclusivo da Comissão, assinado por Maria da Guia de Araújo, referente à locação da caminhonete, João Maia informou ter pago o valor da diária contratada de R$ 1.148,00. O TRE/RN pediu que fossem apresentados elementos que comprovem que o valor pago era compatível com o preço médio de mercado, o que não aconteceu, já que João Maia apresentou apenas suas necessidades em alugar um veículo 4×4 para suas viagens de campanha pelo interior do Estado.

“Diante do exagerado valor contratado para diária do veículo e objetivando suprir a ausência de orçamento que justificasse a disparidade no montante despendido (R$ 54 mil), foram realizadas pesquisas por esta Comissão em sites de locação para veículos de porte similar ao locado pelo candidato, tendo chegado às seguintes constatações: o valor total para locação mensal do veículo Toyota SW4 SRX é a partir de R$ 8.063, sendo a diária cerca de R$ 270. Já nos sites de buscas de orçamento, a média da diária para a categoria de caminhonete de porte equivalente ao do SW4 é de R$ 408”, traz o documento.

Mesmo usando a maior média encontrada – R$ 408 – foi verificado que o valor contratado por João Maia – R$ 1.148 – equivale a 281% acima da média de mercado. “Desse modo, a diferença de R$ 740 – R$ 1.148 – R$ 408 – multiplicada por 47 diárias totaliza o montante de R$ 34.780. Considerando que a despesa foi paga utilizando recursos públicos oriundos do Fundo Eleitoral, esta Comissão entende que tal diferença caracteriza indício de irregularidade na contratação, sendo passível de devolução ao erário”, confirma o parecer.

Reprodução

AUSÊNCIA DE FORÇA DE TRABALHO

Outra inconsistência apresentada pela prestação de contas de João Maia é referente à contratação, no valor total de cerca de R$ 90 mil, das empresas FJ Serviços e Comércio Eireli e a JVC Construções Eireli. Isso porque foram identificadas, pelos TRE/RN, que as duas apresentam falta de capacidade operacional para prestar os serviços ou materiais contratados ou, ainda, omissão de contratação de empregados. À primeira empresa – que possui apenas um empregado, conforme a Justiça Eleitoral -, o deputado pagou, com dinheiro do contribuinte, mais de R$ 43,7 mil e, à segunda – com zero empregado -, cerca de R$ 45,9 mil.

Diante dos fatos, o caso deve ser remetido ao Ministério Público Eleitoral (MPE) para as providências cabíveis. “Após a diligência, o prestador de contas juntou em que as empresas listadas apresentam boa estrutura, razão pela qual deveriam possuir um número razoável de empregados, informação não comprovada na manifestação. Considerando que as ocorrências são indícios de irregularidades, sugere-se que os argumentos/documentos apresentados sejam encaminhados ao MPE”, orienta.

INCONSISTÊNCIAS COM VEÍCULOS LOCADOS

A Comissão de Análise de Contas Eleitorais do TRE/RN constatou inconsistências também nas despesas com locação dos veículos Jeep Compass, locado à empresa LXC Construções e a Ford Ranger, locada à B K Serviços e Locações Eireli. Consta, no Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) do primeiro o nome de proprietário como sendo o de Ericson Cesar da Silva, já no CRLV do segundo veículo, consta como sendo propriedade de Maurício Vieira de Souza.

Em sua defesa, o deputado federal reeleito afirmou que a divergência existente entre os proprietários dos veículos e as empresas locadoras decorria das sublocações efetuadas. No entanto, para a Comissão, constatou-se que não foram firmados contratos em nome dos donos dos veículos que comprovassem as efetivas sublocações, nem foram juntados comprovantes de pagamento para estes. O caso também será remetido ao Ministério Público Eleitoral.

FALTA DE TRANSPARÊNCIA COM ABASTECIMENTOS

“Foi solicitada a apresentação dos cupons fiscais correspondentes às aquisições dos combustíveis adquiridos pelo posto JVC Comercial Ltda e relatório semanal indicando o valor e quantidade de combustível consumido dos veículos a serviço da campanha eleitoral. Após a diligência, o prestador juntou apenas os relatórios semanais de abastecimentos, com exceção dos relativos à maior quantidade de combustível: 527,33 litros de óleo diesel no período de 05 a 11/09/2022, bem como os cupons fiscais correspondentes a todos os abastecimentos”, informou a Comissão do TRE/RN.

Diante disso, o órgão entendeu como parcialmente esclarecida a inconsistência, por ausência de documentação complementar, já que, apesar das despesas estarem comprovadas por notas fiscais, estas traziam o valor global dos abastecimentos, que seriam detalhados individualmente por meio dos cupons fiscais, demonstrando com transparência os dados pormenorizados relativos a cada abastecimento, tipo, veículo, quantidade, dia e hora.

FALTA DE RECIBO ELEITORAL

A Comissão constatou ainda a ausência do recibo eleitoral referente à doação de serviços de administrador financeiro prestados por Francisca Shirley Ferreira Targino, no valor de R$ 2,3 mil. Segundo informou João Maia ao TRE/RN, o erro teria sido cometido pela contabilidade da campanha, que deixou de emitir o respectivo recibo eleitoral por ter confundido a situação fática do caso concreto com a hipótese do art. 7º, § 6º, III, da Resolução TSE nº 23.607/2019.

“Constata-se que de fato o recibo eleitoral não foi emitido para a doação estimável em epígrafe, em descumprimento ao art. 7º, inciso I, da Resolução TSE nº 23.607/2019, tendo sido apresentado apenas o instrumento de doação de serviços para fins de comprovação. Desse modo, persiste a falha inicialmente reportada na diligência”, traz o documento ofici


Compartilhe esse post

CANGUARETAMA E PEDRO VELHO ELEGEM NOVOS PREFEITOS PARA MANDATO TAMPÃO

  • por
Compartilhe esse post

Municípios realizaram eleições suplementares neste domingo (27) e elegeram Wilsinho Ribeiro e Edna de Lemos, respectivamente

Reprodução

Por Alessandra Bernardo

Os municípios de Canguaretama e Pedro Velho têm novos prefeitos e vice-prefeitos, eleitos neste domingo (27), após o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) ter cassado os mandatos dos gestores anteriores e ter determinado a realização de eleições suplementares nas cidades. Em Canguaretama, foram eleitos Wilsinho Ribeiro (PTB) e Fátima do Murim, respectivamente prefeito e vice-prefeita, já em Pedro Velho, venceram Edna de Lemos (PSB) e Rejane Costa (PSB). Os eleitos serão diplomados em 19 de dezembro e comandarão os municípios até dezembro de 2024.

No município de Canguaretama, dos 24.006 eleitores aptos a votar, 17.178 (94,82%) votos válidos, com 3,5% nulos e 1,68% em branco, o resultado foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por volta das 18h30. Wilsinho e Fátima foram eleitos com 54,74% dos votos. Em segundo lugar, ficaram Márcio Cabeleireiro e Leandro Varela (PTD), com 42,8%, seguidos de longe por Dra. Ana Célia e Thal (União Brasil), com 2,46% dos votos válidos.

O resultado de Pedro Velho, que registrou 9.401 (97,72%) votos válidos, com 1,68% nulos e 0,6% em brancos, foi apertado, com a vitória de Edna e Rejane, que tiveram 51,19% votos válidos. Em segundo lugar, ficaram Júnior Balada e Professor Maurício (União Brasil), com 47,4% dos votos, seguidos de longe por Professor Cledenilson e Maria da Conceição Lima (Avante), com 1,01%.

De acordo com informações do TRE/RN, as eleições suplementares ocorreram de forma tranquila e não houve a necessidade de substituir nenhuma das urnas eletrônicas usadas no processo eleitoral. A juíza da 11ª zona eleitoral, Daniela do Nascimento destacou o fato. “Durante o período de campanha eleitoral, tivemos muitas representações por parte dos partidos. Mas o embate político permaneceu muito mais nas redes sociais do que nas ruas, como constatamos hoje”, disse a magistrada.

MUNICÍPIOS

Com uma população superior a 35 mil habitantes, Canguaretama havia elegido, em 2020, Wellinson Ribeiro e a vice-prefeita Maria de Fátima Moreira, que estavam em pleno mandato quando o TRE/RN considerou Wellison inelegível e cassou a chapa completa, convocando novas eleições.

Na época, o irmão de Wellinson, o vereador João Wilson de Andrade Ribeiro Filho (Wilsinho) era presidente da Câmara Municipal e foi legalmente conduzido ao cargo de prefeito interino, até que houvesse uma nova eleição.

Já em Pedro Velho, a eleição suplementar ocorreu por causa da cassação da prefeita Dejerlane Macedo e do vice Rafael da Costa, quando a Justiça Eleitoral considerou a prática do abuso do poder econômico durante a campanha eleitoral de 2020, convocando novo pleito.


Compartilhe esse post

SELEÇÃO BRASILEIRA JOGA DESFALCADA DE TITULARES NOS DOIS PRÓXIMOS JOGOS

  • por
Compartilhe esse post

Foto: AFP

A seleção brasileira, que na tarde de ontem estreou na Copa do Mundo, realizada no Catar, com uma vitória maiúscula, apesar do magro placar de 2 x 0 sobre a Sérvia, irá se apresentar nos próximos dois jogos, ainda pelas Quartas de Final, sem os titulares Neymar e Danilo, ambos contundidos.

Mesmo sabendo que não contará com as presenças de Neymar e Danilo nos jogos contra a Suíça, às 13h00, na próxima segunda-feira, e contra a seleção de Camarões, na sexta-feira, às 16h00, o técnico Tite ainda não anunciou quem substituirá os dois titulares.

ATÉ TU, GLEISI?

Embora a campanha eleitorado tenha se encerrado no último dia 30 de outubro com a vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, as ´paixões partidárias parecem ainda estar em ebulição.

Como Neymar foi declaradamente eleitor de Jair Bolsonaro, o fato irritou petistas e torcedores lulistas a ponto de, mesmo estando representando a seleção brasileira e ser considerado um de seus principais astros, os contrários a Bolsonaro demonstram sua irritação com o destaque da “Canarinho”, com expostas torcidas contrárias ao sucesso de Neymar.

O mais surpreendente foi o posicionamento da presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann que comemorou a saída de Neymar da partida contra a Sérvia, por estar machucado, e bradou: “Já vai tarde”.

Igualmente a Gleisi, em razão do fato político, muitos torcedores politicamente radicais, celebraram a contusão e a saída de Neymar da Seleção Brasileira, pelos próximos dois jogos.

O que não faz o radicalismo!


Compartilhe esse post

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE SÃO GONÇALO TENTAM INVADIR CASA DO PREFEITO

  • por
Compartilhe esse post

Manifestantes não conseguiram ser recebidos na Prefeitura e se revoltaram – Foto: Reprodução

Um grupo de servidores da Educação tentou invadir a casa do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva (PT), o que causou revolta entre os secretários municipais, que emitiram nota em repúdio ao fato. Cumprindo paralisação de 48 horas, os manifestantes não conseguiram ser recebidos por Eraldo na sede da Prefeitura Municipal e se deslocaram até a residência dele, que, conforme informações da Agência Saiba Mais, abrigavam dois idosos – avó e mãe da primeira-dama – e uma criança.

Organizada pelo núcleo de São Gonçalo do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do Rio Grande do Norte (SinteRN), a manifestação foi convocada por meio das redes sociais da coordenadora-geral do Sinte, Jaciguara Rodrigues. Segundo ela, “nossa base tem uma pauta que só cresce e que só pode ser tratada e resolvida pelo atual prefeito”.

Diante da tentativa de invasão à residência do prefeito de São Gonçalo do Amarante, os secretários municipais se revoltaram com o fato e escreveram uma nota de repúdio, lembrando que todos os pontos de pautas reivindicados pela categoria vêm sendo implementados desde o início da gestão. Os vereadores também emitiram nota em solidariedade ao prefeito e à primeira-dama.

“Não existe nenhuma explicação para esse ato violento, já que essa categoria teve seus pleitos atendidos como, a título de exemplo, aumento superior a 33% (trinta e três por cento) – retroativo ao mês de janeiro-, terço de férias, um sexto de férias, promoções horizontais e verticais, demais servidores tiveram seus vencimentos reajustado em 11% – depois de vários anos sem aumento- e mantendo em dia os salários de todos no município”, traz o documento.

O comunicado classifica ainda como “ato violento” a manifestação dos ativistas. “Um grupo de servidores da educação acompanhado do sindicato, em ato violento, nessa manhã, tentou invadir a casa do prefeito Eraldo, na tentativa de serem recebidos pelo prefeito. Na oportunidade, encontravam-se no local dois idosos e uma criança. Nossa solidariedade ao prefeito Eraldo e toda a família contra esse ato de violência”.


Compartilhe esse post

GOVERNO TERÁ QUE PAGAR R$ 60 MILHÕES AOS MUNICÍPIOS, SOB PENA DE BLOQUEIO

  • por
Compartilhe esse post

Por unanimidade, TJRN determinou que repasses sejam feitos para os programas de Farmácia e Atenção Básica

Por Alessandra Bernardo

O governo do Estado foi condenado ao pagamento de R$ 60,6 milhões aos municípios potiguares, para os programas de Assistência Farmacêutica Básica e Fortalecimento da Atenção Básica, que estão com os repasses em atraso desde as gestões dos ex-governadores Rosalba Ciarlini (PP) e Robinson Faria (PL). A decisão unânime do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) foi movida a partir de uma ação civil pública pela Federação dos Municípios do RN (Femurn) e determina que o repasse seja feito em parcelas mensais de R$ 3 milhões, sob pena de bloqueio dos recursos.

Para o presidente da Femurn, Babá Pereira, a decisão é uma importante conquista da entidade, após anos de tentativas de acordos e negociações infrutíferas. Para ele, apesar do pagamento dos atrasados serem em parcelas, já farão uma grande diferença nos serviços ofertados aos potiguares por meio dos dois programas beneficiados.

“Com certeza, farão uma diferença grande para a população, em especial na Farmácia Básica. Tentamos acordo por vias administrativas com o governo, o Ministério Público também tentou intermediar, mas não houve acerto por parte do Estado. A atual gestão da Femurn buscou um entendimento de todas as formas”, afirmou Babá, que é prefeito do município de São Tomé, no Seridó.

Somente a dívida da Assistência Farmacêutica Básica alcança o patamar de R$ 21,6 milhões (em valores atualizados) e, com o Fortalecimento da Atenção Básica, desde 2010, quase R$ 39 milhões. Somados os valores devidos e não repassados pelo governo estadual aos dois programas, o RN deverá repassar aos municípios o montante de R$ 60,6 milhões.

Conforme o relator, o desembargador Claudio Santos, o pagamento parcelado é necessário para que o Estado possa manter a responsabilidade fiscal. E determinou ainda que os repasses mensais de R$ 3 milhões sejam feitos de forma rigorosa até o quinto dia útil do mês subsequente ao de competência, tanto dos valores em atraso quanto os futuros pagamentos, sob pena de bloqueio dos recursos estaduais.

“Os programas compreendem uma ação social de grande magnitude, cuja a responsabilidade está dividida entre os três entes federados. Trata-se de despesa obrigatória de caráter continuado, fixada em ato administrativo normativo que cria a obrigação legal para o ente, nos termos do artigo 17 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Em atenção ao princípio da razoabilidade, é necessário que o pagamento da dívida vencida se dê de forma parcelada”, afirmou o magistrado.

O processo chegou a ficar suspenso por alguns meses diante da tentativa do Ministério Público, coautor da ação, de mediar um acordo entre as partes. Mas, mesmo reconhecendo o débito, o Estado alegava dificuldades financeiras que lhe levaram a descumprir a obrigação de repasse dos recursos aos municípios.

SEM RESPOSTA
A reportagem do Diário do RN procurou os secretários estaduais de Planejamento e Finanças (Seplan), Aldemir Freire, e o da Casa Civil, Raimundo Alves, para falar sobre a determinação judicial, sem sucesso. Eles não responderam às tentativas de contato via aplicativo de mensagens ou as ligações telefônicas.


Compartilhe esse post

SHERLOQUINHO

  • por
Compartilhe esse post

OPOSIÇÃO
Todo governo tem oposição; com variados tamanhos e formas de atuar, mas todos sofrem os ataques da oposição. A questão é o efeito que essa oposição provoca no governo.

FORMA
A oposição tem várias formas de atuar: nas ruas, nas denúncias consistentes que podem embaraçar a gestão nos órgãos fiscalizadores, na mídia, nos parlamentos e nas ruas; sem obedecer sequência. Sendo que uma forma pode potencializar a outra.

EFEITO
O que todas as formas de atuar da oposição buscam é o enfraquecimento e o desgaste do governo, que pode ser sentido no nível de popularidade da gestão e, mais adiante, no resultado das urnas.

FÁTIMA
Caso tomemos como base para análise a gestão Fátima Bezerra, veremos que as formas de atuação da oposição foram insuficientes para enfraquecer o governo, cujo resultado foi a vitória maiúscula em primeiro turno.

FORMATO
A oposição feita ao governo Fátima nas ruas não existiu. Nenhuma pressão ou protestos significativos. Em relação a denúncias, a maior parte frágil, sem consistência para abalar ou gerar consequências de repercussão ou processual. A única que parecia ter força, a CPI da Covid, foi insignificante no aspecto de desgaste, apesar da tentativa forçada da oposição de envolver diretamente a governadora.

BOLHA
No caso do Parlamento, em que pese a acidez dos discursos de alguns parlamentares de oposição, não conseguiram furar a ‘bolha’ do próprio plenário.

MÍDIA
Em relação a mídia, em tempos de polarização e extremismos, quem escolheu fazer oposição radical a Fátima, beirando a ataques pessoais, atendeu aos aplausos de sua bolha radical, mas não conseguiu atingir o principal objetivo, que era fragilizar o governo e beneficiar objetivamente a oposição.

RESULTADO
Portanto, a vitória de Fátima em primeiro turno comprovou a ineficiência da oposição em suas mais variadas esferas. Todos falharam. O governo venceu. E olhe que era um governo sem obras físicas e com discurso monotemático de pagamento de salário atrasado. Porém, a imagem pessoal de Fátima, fez toda a diferença.

REFLEXÃO
Portanto, a oposição precisa se reciclar, refletir as circunstâncias que proporcionaram a derrota e estabelecer um projeto de futuro viável, com um rosto que possa ser catalizador do desgaste do governo e uma operação organizada de oposição.


Compartilhe esse post

MADRUGA DESCONHECE SUA SAÍDA DA PRESIDÊNCIA DO PODEMOS NO ESTADO

  • por
Compartilhe esse post

Styvenson afirma que assumirá o comando do partido; atual presidente diz que não foi informado sobre a decisão

Felipe se mostrou surpreso com “desejo” do senador em assumir a presidência do Podemos; Além de assumir o partido, Styvenson voltará a disputar o governo do Estado em 2026 – Foto: Reprodução

Por Alessandra Bernardo

O senador Styvenson Valentim assumirá a presidência do Podemos no Rio Grande do Norte nas próximas semanas.  Ele afirmou que solicitou o comando da legenda no Estado à presidente nacional do Podemos, a deputada federal Renata Abreu (SP), durante conversa nesta quarta-feira (23) e que assumirá o cargo após entendimentos burocráticos, como a questão do Fundo Partidário, por exemplo. No entanto, o atual presidente estadual do Podemos, advogado Felipe Madruga, se mostrou surpreso com a revelação e afirmou que Styvenson não o procurou para falar sobre o tema, tampouco comentou sua decisão de reaver a presidência do partido. “Não estou sabendo. Ele nem falou nada comigo”, disse.

Para Styvenson, assumir a presidência do Podemos é algo natural e previsível, após sua candidatura ao governo do Estado nas Eleições 2022, em que ficou em terceiro lugar, com 307,3 mil votos. Ele disse ainda que pretende disputar novamente as próximas eleições estaduais, mas, desta vez, “vou utilizar todas as armas que os outros usam. Terei mudanças no meu comportamento. Vou usar tempo de TV, tempo de rádio, começar a fazer divulgação parlamentar. Tenho que quebrar essa timidez, essa repulsa de usar o dinheiro público”, disse.

O Podemos, que incorporou o Partido Social Cristão (PSC) após acordo entre as executivas nacionais dos dois partidos, ampliará sua bancada no Congresso Nacional, passará a contar com 18 deputados federais e sete senadores e adotará o número 20 nas urnas eletrônicas. O motivo principal da incorporação é aumentar o acesso ao Fundo Partidário e driblar a cláusula de desempenho para o PSC, que elegeu seis deputados e um senador nas Eleições 2022.

O senador, único integrante do Podemos/RN que possui cargo público, disse que a incorporação é um processo tranquilo e que as duas bancadas são alinhadas dentro do Congresso Nacional.

“Vamos avaliar como ficará o relacionamento em cada estado, já que é uma grande mudança política. E além de aumentar a bancada federal do Podemos, há ainda a possibilidade de formar uma federação com o PSDB, o que aumentaria ainda mais nossa base. Precisamos avaliar tudo, até porque o PSDB já possui federação com o Cidadania. Fora isso, manterei minhas características e valores, minha forma de ver e de fazer política”, garantiu.

No Rio Grande do Norte, o Podemos tem como principal filiado o senador Styvenson Valentim, que disputou o governo do Estado no pleito de outubro passado e terminou em 3º lugar. Já o PSC tem como presidente Júnior Melo. A convenção nacional será realizada no próximo dia 8 de dezembro, quando será oficializada a incorporação.

Em nota oficial, os dois partidos afirmaram que a incorporação nasce comprometida “com o Estado Democrático de Direito”, “o fortalecimento do pacto federativo”, “a harmonia entre os poderes” e o “desenvolvimento econômico voltado à inclusão social. Além disso, os parlamentares terão maior protagonismo dentro do Congresso Nacional, podendo pleitear a presidência de comissões, ter mais membros titulares, participar da Mesa Diretora e suplência, ter estrutura de liderança e mais tempo de fala no plenário.

INCORPORAÇÃO X FUSÃO

Felipe Madruga disse que, na incorporação – diferente da fusão, que ocorreu quando o Democratas (Dem) e o Partido Social Liberal (PSL) se fundiram para formar o União Brasil em 2021 -, os integrantes do PSC “se mudarão” para o Podemos, extinguindo assim a sigla. E que também que esta não será a primeira vez que o Podemos incorpora outra legenda.

“O PSC deixa de existir e o Podemos permanece. Vamos conversar com as pessoas que faziam parte do PSC no RN, para encaminhamentos. Não tem disputa por comando partidário. Esta é a segunda vez que o Podemos faz uma incorporação, antes foi com o PHS (Partido Humanista da Solidariedade) em 2019”, explicou.


Compartilhe esse post

ELEITORES DE CANGUARETAMA E PEDRO VELHO VOLTAM ÀS URNAS NO DOMINGO

  • por
Compartilhe esse post

Eles escolherão os novos prefeitos dos dois municípios, para mandatos tampão que vigorarão até o dia 31 de dezembro de 2024

Reprodução

Neste domingo (27), os eleitores dos municípios de Pedro Velho e Canguaretama estarão de volta às urnas eletrônicas para eleger novos prefeitos para um mandato tampão que irá vigorar até o dia 31 de dezembro de 2024.

Em Canguaretama, 24.006 eleitores estão aptos a escolher o novo prefeito constitucional e estarão distribuídos em 80 secções eleitorais, espalhadas em 19 locais nas zonas urbana e rural. Já em Pedro Velho, 11.605 eleitores vão comparecer a nove locais distintos, onde estarão as 43 unas eletrônicas, também nas zonas rural e urbana.

O município de Canguaretama tem uma população superior a 35 mil habitantes e o eleitorado elegeu, nas eleições de 2020, Wellinson Ribeiro e sua vice-prefeita Maria de Fátima Moreira, que foram empossados e estavam em pleno mandato quando o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) considerou Wellison inelegível e por essa razão, cassou a chapa completa, convocando novas eleições.

À época da cassação de Wellison Ribeiro, seu irmão João Wilson de Andrade Ribeiro Filho (Wilsinho) estava presidente da Câmara Municipal e legalmente foi conduzido ao cargo de prefeito interino até que houvesse uma nova eleição.

Para a eleição deste domingo no município de Canguaretama, estarão concorrendo ao cargo de prefeito Wilsinho Ribeiro e sua vice-prefeita Maria de Fátima Moreira (Fátima do Maruim), que integram a Coligação “Trabalho e Compromisso”; Márcio de Vasconcelos, conhecido como Márcio Cabelereiro, e o seu vice-prefeito Leandro Varela Santos, da Coligação “Agora é a vez do Povo”; e Dra. Ana Célia Felipe de Oliveira com o seu vice-prefeito Thawesley Inácio da Silva Santos (Thal), pela Coligação “A Verdadeira Mudança”.

PEDRO VELHO

No município de Pedro Velho, distante cerca de 80 quilômetros de Natal, a realização da eleição suplementar se dará por conta da cassação da prefeita Dejerlane Macedo e o seu vice-prefeito Rafael da Costa, em razão da Justiça Eleitorado ter considerado a prática do abuso do poder econômico durante a campanha eleitoral de 2020, convocando novo pleito.

Estarão disputando a eleição suplementar os candidatos Pedro Gomes da Silva Junior (Júnior Balada) e o seu vice-prefeito José Maurício de Souza Medeiros, que estão compondo a Coligação “Pedro Velho para Todos”; Francisca Edna de Lemos (Edna Lemos) e sua vice Rejane Maria de Lima Costa, da Coligação “Forte é o Povo”; Cledenilson Valdevino Moreira (Professor Cledenilson), com a sua vice-prefeita Maria da Conceição de Lima formando a Coligação “Avante”; e José Wilson da Silva (Zeca), do PSOL, que tem como candidato a vice-prefeito Tito Lívio Bezerril Luz, formando a Federação PSOL/REDE.

Os dois municípios, Pedro Velho e Canguaretama, aonde acontecerão as eleições suplementares deste domingo, pertencem a 11ª Zona Eleitoral, sob a reponsabilidade da juíza Daniela do Nascimento Cosmo que presidirá os pleitos.


Compartilhe esse post

WALTER CRITICA GOVERNO FEDERAL POR SUSPENSÃO DA OPERAÇÃO CARRO-PIPA

  • por
Compartilhe esse post

Enquanto oposição reage negativamente, deputados bolsonaristas preferem manter o silêncio sobre ação oficial

Vice-governador eleito Walter Alves quer que governo reveja decisão – Foto: Reprodução

Por Alessandra Bernardo

A suspensão da Operação Carro-Pipa, que leva água potável ao semiárido nordestino há mais de 20 anos, pela gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL), gerou forte comoção entre os políticos potiguares de oposição. A estimativa é que, no Rio Grande do Norte, mais de 61 mil pessoas em 45 municípios sejam diretamente prejudicadas pela ação do governo federal, conforme dados do Exército, que coordena a ação. A medida foi anunciada após o resultado do segundo turno, em que Bolsonaro foi derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por falta de verbas para a continuidade, conforme o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

O vice-governador eleito, deputado federal Walter Alves (PT), se mostrou bastante preocupado com a suspensão do fornecimento de água não apenas para o Estado, mas todo o Nordeste brasileiro, prejudicando aproximadamente 1,6 milhão de nordestinos em 468 municípios. Ele disse ver o caso com profunda preocupação, já que medida afetará drasticamente o abastecimento para as residências e também áreas de irrigação e agricultura no interior do Rio Grande do Norte.

Sem os carros-pipa, que amenizam a sede de centenas de famílias no Nordeste, situação fica crítica – Foto: Reprodução

“Recebi com bastante preocupação a informação sobre o corte de verbas da Operação Carro-Pipa no Nordeste. A manutenção do programa é essencial para a vida de milhares de pessoas. Espero que o Governo Federal reavalie esse corte urgentemente. O acesso à água é uma questão proprietária e deve ser respeitada”, afirmou Walter.

A deputada federal reeleita Natália Bonavides (PT) classificou a suspensão como um ato de desumanidade da atual gestão federal. “Governo Bolsonaro corta verba da Operação Carro Pipa, programa histórico de distribuição de água no semiárido nordestino, e mais de 1,6 milhão de pessoas estão sem água para beber! Enquanto isso o presidente derrotado segue escondido e sem trabalhar”, desabafou.

Para o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Francisco do PT, a decisão do governo federal é inadmissível e representa a maneira como o presidente Bolsonaro trata o Nordeste, que “nunca foi prioridade para ele”. “A suspensão da Operação Carro Pipa, pós eleição, deixa sem água a população rural do semiárido brasileiro. Os agricultores do Rio Grande do Norte estão penalizados pela ‘falta’ de orçamento do Ministério do Desenvolvimento Regional do governo Bolsonaro. Entrei com requerimento na Assembleia”, disse.

BOLSONARISTAS CALADOS

Enquanto os parlamentares de oposição ao governo federal reagiram com preocupação ao corte das verbas públicas para a manutenção da Operação Carro- -Pipa, os deputados da base de apoio ao presidente Jair Bolsonaro preferiram o silêncio. A reportagem do Diário do RN procurou os deputados federais Benes Leocádio (União Brasil), Beto Rosado (PP), Carla Dickson (União Brasil), General Girão (PL) e João Maia (PL), além do senador eleito Rogério Marinho (PL) para falarem sobre o caso, mas nenhum deles respondeu.

A assessoria de imprensa de Girão informou que o deputado estava cumprindo agenda política em Brasília e não retornou o questionamento feito pelo Diário até o fechamento desta edição. Os demais, contatados pessoalmente, não retornaram o contato desde a tarde desta quarta-feira (23).


Compartilhe esse post

JUSTIÇA QUER SABER PORQUE BENES PAGOU R$ 13 MIL POR CABO ELEITORAL

  • por
Compartilhe esse post

TRE/RN deu prazo de 3 dias para deputado reeleito apresentar documentos solicitados para desfazer inconsistências

Benes Leocádio foi reeleito com mais de 100 mil votos, mas enfrenta problemas na prestação de contas – Foto: Reprodução

Por Alessandra Bernardo

O deputado federal reeleito Benes Leocádio (União Brasil) tem o prazo de três dias para se manifestar e apresentar documentos que expliquem, entre 21 inconsistências identificadas pela Comissão de Análise de Contas Eleitorais do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE/RN) em sua prestação de contas, o pagamento do valor de R$ 13 mil para cada um dos 60 cabos eleitorais contratados pela sua campanha, com recursos públicos do Fundo Eleitoral. Os prestadores de serviço, também chamados de agentes de convencimento, foram recrutados por meio da empresa Assistenz Segurança e Serviços Ltda., que recebeu R$ 780 mil pelo serviço.

Conforme o relatório preliminar da Comissão de Análise, assinado por Lígia Regina Carlos Limeira, o pedido de explicações foi feito considerando o grande volume de recursos públicos empregados na campanha do deputado Benes Leocádio, terceiro mais votado para a Câmara no Estado, com 100.693 votos. As 21 inconsistências foram identificadas a partir do módulo análise do Sistema SPCE e de exames manuais ultimados na prestação de contas.

Segundo o procurador regional eleitoral Rodrigo Telles, o relatório preliminar da comissão de auditoria não é uma decisão, embora deva ser atendida pelo parlamentar: “A situação está sendo acompanhada no processo de prestação de contas. Ali, o candidato vai apresentar informações e documentos complementares. Ao final, é possível que seja tudo justificado”, explicou.,

No caso da contratação dos 60 cabos eleitorais, ao custo total de R$ 780 mil, pago com dinheiro do contribuinte, o TRE/RN quer saber os nomes completos de cada um, inscrição no CPF e o comprovante de pagamento para cada profissional envolvido na prestação dos serviços, acompanhado de justificativas quanto ao valor atribuído para cada profissional, ou seja, R$ 13 mil cada um.

Também foi questionado o pagamento de quase R$ 400 mil por serviços de infraestrutura para a realização de reuniões e comícios à empresa BR Geradores e Serviços Eireli. Conforme a Comissão de Análise, Benes deve apresentar a relação com os nomes completos, CPF e valores pagos aos profissionais utilizados para os serviços contratados, segundo a composição dos custos; datas de realização dos eventos em cada localidade e meios de prova da realização dos serviços. Esta deve ser por meio de imagens, postagens, links de acesso ou outros.


Compartilhe esse post

SHERLOQUINHO

  • por
Compartilhe esse post

ARTICULAÇÃO

O assessor parlamentar Adriano Gadelha foi convidado pela governadora Fátima Bezerra para ocupar o posto de articulador político do governo, cargo que não foi ocupado na atual gestão petista.

ARTICULAÇÃO II

Adriano Gadelha está no gabinete do senador Jean Paul Prates e já recebeu convites para continuar atuando no parlamento, em outros gabinetes. Há possibilidade também de integrar o governo Lula.

ARTICULAÇÃO III

A própria governadora já convidou Adriano a assumir a Articulação política do governo. Nesse caso, Raimundo Alves permanece na Casa Civil e diminui a carga de trabalho. Adriano tem a confiança de Fátima, conhece a classe política potiguar e se dá bem com Raimundo. Por enquanto, Adriano tem dito não ao convite. Mas, um café na varanda da filha de Seu Severino, pode resolver o problema.

CONTAS

O que a coluna já havia alertado a respeito da prestação de contas dos candidatos na última eleição, o rigor no detalhamento cobrado pelo MPF e pela Comissão de Fiscalização, vai fazer muito político perder o sono.

CONTAS II

Um desses casos é o do deputado federal reeleito Benes Leocádio, que gastou quase 800 mil reais em suposto pagamento a apenas 60 cabos eleitorais. O problema é que a Justiça quer saber quem é cada um cabo eleitoral, com nome, CPF…

CONTAS III

Benes vai ter que rebolar bastante para ‘encontrar’ seus 60 cabos eleitorais. Detalhe: cada um ‘recebeu’ 13 mil reais. O nome que aparecer como ‘recebedor’ do dinheiro na condição de cabo eleitoral, vai ter que comprovar. Ou seja: o ‘laranja’ precisa se ligar que pode acabar respondendo por crime de falsidade ideológica.

CONTAS IV

 Se o cabo eleitoral recebeu os 13 mil reais de Benes Leocádio, vai ter que dizer o que fez, onde, quando… É dor de cabeça para umas 200 caixas de dorflex.

SAÚDE

A definição de contratação de hospitais particulares pela secretaria de Saúde para realização de cirurgias vasculares é uma medida acertada pelo Estado. O problema é o tempo que passou, com pessoas sendo mutiladas e até morrendo. Pergunta básica: Por que não foi feito isso antes? Outra: Por que precisou do CRM para mediar essa situação?


Compartilhe esse post

SENADOR STYVENSON APRESENTA PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA O MINISTRO LUÍS ROBERTO BARROSO

  • por
Compartilhe esse post

Foto: Reprodução

Em várias oportunidades o senador Styvenson Valentim (Podemos) assinou pedidos de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e um de seus alvos favoritos sempre foi Alexandre Moraes, apesar de que esses pedidos sequer foram apreciados pela comissão do Senado.

Agora, utilizando-se de argumentos de que o ministro Luís Roberto Barroso interferiu no legislativo federal ao se reunir com parlamentares antes mesmos da discussão sobre o projeto de voto auditável, e complementando de que o mesmo ministro, ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se reuniu em jantar em Nova York com o advogado Cristiano Zanim, que defende os interesses jurídicos do presidente eleito Luís Inácio Lula da Silva (PT), um grupo de senadores, inclusive Styvenson, assinou pedido de impeachment contra o ministro.

Mesmo reconhecendo que em outras ocasiões os pedidos de impeachment contra ministros do STF “não tenham dado em nada”, o senador do Podemos, que tem o seu mandato concluído em 2026 e que já anunciou a sua candidatura ao Governo do Estado na sucessão de Fátima Bezerra (PT), cujo mandato ainda nem começou, espera que esse pedido de impeachment contra o ministro Luís Roberto Barroso “agora vá”, numa alusão de que o Senado venha votar essa matéria com o objetivo de afastar Barroso de seus postos.


Compartilhe esse post

VEXAME! ARÁBIA SAUDITA QUEBRA INVENCIBILIDADE DE 3 ANOS DA ARGENTINA DE MESSI

  • por
Compartilhe esse post

Por Pedro Lúcio

Foto: Hannah Mckay/Reuters

Apesar de ser uma das principais postulantes à Copa do Mundo, a Argentina não apresentou o futebol que esperava e perdeu por 2 a 1, de virada, para a Arábia Saudita no Lusail Stadium, em Lusail, no Catar.

A seleção de Scaloni começou bem e abriu o placar logo aos 9 minutos com Messi,de pênalti. Além disso, Lautaro Martínez teve dois gols bem anulados por impedimento. Contudo, a partir daí o jogo mudou. A Argentina sentou no resultado, exagerou no toque de bola no meio do campo, pouco criando. As poucas tentativas mais agudas eram nas bolas longas, que sempre encontravam uma defesa bem postada do time saudita para por os atacantes argentinos em condição de impedimento. 

No segundo tempo o jogo foi outro, a Arábia Saudita começou com muita intensidade, acuando o time do Messi e, com dois gols em pouco mais de 5 minutos, virou o jogo. Os gols foram de Al-Sheri, aos 3 min, Salem Al-Dawsari, aos 8 min. Depois disso, a Argentina se jogou ao ataque, mas falhou na pontaria e, quando acertou o alvo, contou com o goleiro Al-Owais inspirado.

Desde a última derrota da Argentina, ocorrida 2 de julho de 2019, contra o Brasil pelo placar de 2 a 0, nas semifinais da Copa América, no estádio do Maracanã, o time do Scaloni vinha mostrando bons desempenhos e vitórias contundentes, como a contra a Itália pela Finalíssima (torneio que põe frente a frente os campeões de Copa América e Eurocopa). Contudo, nada disso foi suficiente diante do bem organizado time saudita. , foi muito toque de bola no meio do campo, algumas bolas longas e pouca construção de jogadas.  

Apesar da óbvia diferença técnica entre os selecionados, a seleção treinada pelo francês Hervé Renard não fez feio esteve bem postada em campo, tentando reduzir os espaços, formando duas linhas de quatro no campo de defesa quando não estava com a posse da bola, e o camisa 8, Al Malki flutuava de acordo com a necessidade entre as linhas.

Mais um destaque da partida, e que não pode deixar de ser mencionado, é a péssima arbitragem do esloveno Slavko Vincic. Tudo que coube a ele para favorecer a Argentina, ele fez. Inverteu faltas, dando amarelo para quem sofreu a falta, não parando um ataque argentino, mesmo com choque sofrido pelo Al-Shahrani dentro da área, deu mais de 10 minutos de acréscimo, o famoso “até empatar”, além de outras amenidades que não precisam ser mencionadas.

As outras seleções do Grupo C, México e Polônia, se enfrentam no Stadium 974, em Doha, ainda nesta terça-feira (22), às 13h (de Brasília). Na segunda rodada, a Arábia Saudita enfrenta o time de Lewandowski e a Argentina vai enfrentar o México. Os confrontos estão marcados para o próximo sábado (26), às 10h e 16h respectivamente.

Ficha técnica

Argentina 1 X 2 Arábia Saudita

Competição: 1ª rodada do Grupo C da Copa do Mundo de 2022

Local: Lusail Stadium, em Lusail, no Catar

Data e hora: 22 de novembro de 2022, às 7h (de Brasília)

Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia) Assistentes: Tomaz Klancnik (Eslovênia) e Andraz Kovacic (Eslovênia)

Cartões amarelos: Al-Malki (ARA), Al-Bulayhi (ARA), Al-Dawsari (ARA), Abdulhamid (ARA), Al-Abid (ARA), 

Gols: no primeiro tempo, Messi (ARG), aos 9 min, no segundo tempo  Al-Sheri (ARA), aos 3 min, Salem Al-Dawsari (ARA), aos 8 min.

Argentina: Emiliano Martínez, Molin, Cristian Romero (Lisandro Martínez), Otamendi, Tagliafico (Acuña), De Paul, Paredes (Enzo Fernández), Papu Gómez (Julián Álvarez), Di María, Messi e Lautaro Martínez. Técnico: Lionel Scaloni

Arábia Saudita: Al-Owais, Abdulhamid, Al-Tambakti, Al-Bulayhi, Al-Shahrani (Al-Burayk), Kanno, Al-Malki, Al-Faraj (Al-Abid) (Al-Amri), Al-Shehri (Al-Ghanam), Salem Al-Dawsari e Al-Brikan (Asiri). Técnico: Hervé Renard.


Compartilhe esse post

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA: MEMÓRIA, RESISTÊNCIA E CELEBRAÇÃO

  • por
Compartilhe esse post

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Neste domingo (20) é comemorado o Dia da Consciência Negra. A data, que surgiu como uma forma de refletir sobre o valor e contribuição da comunidade negra para o Brasil, tem o papel de jogar luz sobre a resistência do povo negro e dar maior visibilidade à busca por igualdade, por direitos, e contra o racismo. Para entender o que envolve o movimento negro da atualidade, é necessário fazer um resgate histórico e falar sobre as raízes que envolvem essa luta.

O Brasil instituiu o Dia da Consciência Negra em seu calendário oficial em 2011. Celebrada em 20 de novembro, dia da morte de Zumbi dos Palmares, uma das personalidades mais conhecidas na luta pela libertação do povo contra o sistema escravista.

A data que começou a ser simbólica para o movimento negro desde os anos 70,  onde se iniciou a discussão da criação de uma data para simbolizar a resistência ao racismo no país, e para se opor ao 13 de maio, em busca de fazer refletir sobre os efeitos do racismo, a importância do papel do povo negro na abolição e elevar a autoestima da população negra.

DOIS POEMAS, DUAS HOMENAGENS

Por Horácio Paiva

Nesses poemas, teço duas homenagens: à consciência de nossa negritude  –  nossa africanidade cultural e sanguínea  –  e à fraternidade universal, que deve prevalecer entre pessoas e povos, não apenas como exigência filosófica da moral humanista, mas como afirmação da diversidade do amplo patrimônio genético que nos compõe e nos une:

CANTO AO AVÔ AFRICANO

Procuro-te entre os demais

e não te encontro

talvez porque não aceitaste o convite

e o sonho do Brasil te foi imposto.

Vejo a tua sombra

e semente  –

já que o teu corpo foi corrompido pela guerra

pelo açoite

e pela prisão.

Os demais estavam à mesa

e todos tinham nome e origem.

Tu, porém, sobreviveste

sem o pão e o vinho.

Trazem-me dos demais a linhagem secular

lenda ou fantasia

e vou encontrá-los nas igrejas

cartórios ou bibliotecas.

Quanto a ti

a memória se perde

num vago e nostálgico sentimento passado

que vai enfim morrer na praia

na selva ou no deserto.

Contra ti urdiram a morte histórica

relegando-te aos livros

de registros contábeis

às ignóbeis transações de compra e venda.

Mas ergue-te, avô, pois ainda vives

e tua vida é maior que a derrota nas armas.

Dá repouso à tua sombra.

Vê que te ofereço

–  à luz do sol  –

um banquete com as lavouras que plantaste

e a que não faltarão

os alimentos sagrados que o teu gênio criou

os teus ricos orixás

as raízes de teus cantos, ritmos e danças.

E verás que à mesa estará presente

um povo

uma nação

construída com o teu sangue.

Não me renegues, avô,

não é minha pele que te chama

mas a noite de tua ausência.

FRATERNIDADE

Que me ajude o meu sangue árabe

Que me ajude o meu sangue judaico

Que me ajude o meu sangue europeu

Que me ajude o meu sangue africano

Que me ajude o meu sangue asiático

e indígena

Que me ajudem todos os meus sangues

a construir a fraternidade universal

*Com informações de Ecoa e Correio Braziliense


Compartilhe esse post

POLÍCIA FEDERAL PRENDE TRAFICANTE INTERNACIONAL NO AEROPORTO DE NATAL

  • por
Compartilhe esse post

Tunisiano de 40 anos, condenado pela Justiça francesa, foi preso pela PF ao desembarcar em Natal – Foto: Divulgação

A Polícia Federal prendeu, no Aeroporto de Natal um tunisiano de 40 anos procurado pela Interpol. Condenado na França por tráfico de entorpecentes, o homem foi preso na noite da última sexta-feira (18), mas sua prisão só foi divulgada na noite deste sábado (19).

A prisão se deu no cumprimento de um mandado de prisão preventiva para fins de extradição, expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e cumprido no desembarque de um vôo comercial vindo de São Paulo para a Capital Potiguar.

O tunisiano, que não teve a identidade revelada, atuava no ramo de exportação de frutas e, após passar por exame de corpo de delito no ITEP, está sob custódia na sede da PF, no bairro de Lagoa Nova.

Segundo informações da Polícia Federal, nos últimos dois anos, esse foi o 6º estrangeiro procurado pela Interpol para fins de extradição que foi encontrado e preso em solo potiguar.

*Com informações de G1 RN e 96 FM


Compartilhe esse post

CATAR X EQUADOR ABREM COPA DO MUNDO

  • por
Compartilhe esse post

Evento começa ao meio-dia, e às 13h a bola rola no estádio Al Bayt

Reprodução/FIFA

O fã de futebol teve de aguardar cinco meses a mais que o normal, além dos tradicionais quatro anos, para, enfim, respirar novamente uma Copa do Mundo. A espera chega ao fim neste domingo (20), às 13h (horário de Brasília), com o duelo entre Equador e o anfitrião Catar, no Estádio Al Bayt, abrindo a 22ª edição da maior competição do esporte mais popular do planeta.

Desde 1930, o Mundial é realizado entre os meses de maio e julho, mas uma adaptação foi necessária para que a edição de 2022 se tornasse viável, devido às temperaturas médias acima dos 30º C registradas no período. Com isso, a Copa do Catar será a primeira disputada no fim do ano, com expectativa de um clima mais ameno – nos últimos dias, os termômetros ainda apontavam muito calor (mais de 30º C durante o dia e mínima de 25º C à noite).

A questão climática foi um dos pontos polêmicos da escolha do Catar como sede da Copa, há 12 anos. Em reunião do Comitê Executivo da Federação Internacional de Futebol (Fifa), o país do Oriente Médio venceu a disputa com os Estados Unidos, levando a denúncias de compra de votos pelos asiáticos – que negaram as acusações. Notícias sobre mortes durante a construção dos estádios (segundo o jornal inglês The Guardian, mais de 6,5 mil trabalhadores imigrantes perderam a vida) e o receio quanto à postura da nação com a população LGBTQI+ e com as mulheres também vieram à tona, causando protestos e tensão.

Em meio às polêmicas, o Catar chega à Copa como única cara nova entre os participantes. Os anfitriões terão a missão de não repetir o que fez a África do Sul em 2010, quando foi o primeiro país-sede a não passar da fase de grupos. Nos dois últimos Mundiais, porém, os times estreantes (Bósnia e Herzegovina em 2014, Panamá e Islândia em 2018) não foram ao mata-mata.

Outro fator que torna a Copa deste ano marcante é que será a última no atual formato, com 32 seleções divididas em oito grupos, com quatro times. A partir da próxima edição, em 2026 (EUA, México e Canadá), o torneio reunirá 48 equipes, separadas em 16 chaves de três. A mudança foi anunciada pela Fifa em 2017 e foi aprovada por unanimidade no conselho da entidade. Será a primeira vez que as seis confederações terão representação garantida no Mundial – até 2022, o vencedor das eliminatórias da Oceania disputava uma repescagem internacional.

O novo formato deve dificultar a ausência, no Mundial, de seleções tradicionais. A edição do Catar, por exemplo, não terá a tetracampeã Itália, a exemplo do que aconteceu há quatro anos, na Rússia. Atual campeã europeia, a Azzurra foi surpreendida em casa pela Macedônia do Norte, na repescagem. Equipes como Colômbia e Chile (outra que havia perdido a Copa de 2018) também estão fora em 2022. Os chilenos chegaram a acionar a Fifa e, posteriormente, a Corte Arbitral do Esporte, alegando que o jogador equatoriano Byron Castillo estaria inelegível nas eliminatórias sul-americanas por supostamente utilizar uma certidão de nascimento falsa (ele seria colombiano), sem sucesso.

O palco do primeiro jogo da Copa é, também, um dos sete estádios construídos (entre os oito disponíveis) para o evento, sendo um dos únicos quatro fora da capital Doha, estando em Al Khor. Nenhum dos convocados da seleção da casa, porém, defende o clube da cidade, de mesmo nome, rebaixado à segunda divisão na última temporada. Entre os 26 jogadores convocados pelo técnico espanhol Félix Sánchez, metade atua no Al Sadd, atual bicampeão do Catar. Caso do atacante Hassan Al-Haydos, mais experiente do grupo, com 169 jogos vestindo a camisa catari.

No Equador, que chega à quinta participação em Mundiais, a meta é pelo menos repetir 2006, na Alemanha, quando a equipe passou de fase pela primeira (e única) vez e chegou às oitavas de final. A seleção dirigida por Gustavo Alfaro fez a quarta melhor campanha das eliminatórias sul-americanas, atrás somente de Brasil, Argentina e Uruguai. O atacante Enner Valencia, principal artilheiro da história de La Tri, com 35 gols, é a maior esperança ofensiva da equipe, que tem o zagueiro Robert Arboleda, do São Paulo, recuperado de uma lesão grave de tornozelo, entre os convocados.

Catar e Equador abrem o Grupo A da Copa do Mundo. Holanda e Senegal, que se enfrentam na segunda-feira (21), às 13h, no Estádio Al Thumama, em Doha, completam a chave. Os dois primeiros se classificam às oitavas de final, onde terão pela frente líder e vice líder do Grupo B (Inglaterra, Irã, País de Gales e EUA).

*Fonte: Agência Brasil


Compartilhe esse post

PARTICIPANTES DO ENEM 2022 FAZEM HOJE PROVAS DE EXATAS

  • por
Compartilhe esse post

Prazo para responder as 90 questões é de cinco horas

Candidatos comparecem a local de prova para a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 fazem hoje (20) as provas de matemática e de ciência da natureza, que engloba química, física e biologia. Cada uma das provas tem 45 questões objetivas. As provas serão aplicadas em mais de 1,7 mil municípios nas modalidades impressa e digital. Nas duas modalidades, as questões são iguais.

Os portões dos locais de prova são abertos às 12h e fecham às 13h, e não é permitido entrar após o fechamento dos portões. Com cinco horas de duração, as provas começam às 13h30 e terminam às 18h30, no horário de Brasília.

Para fazer o exame, é obrigatório apresentar documento de identidade com foto e ter uma caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. No Enem digital, as respostas são dadas no computador, mas os participantes recebem uma folha de rascunho para fazer os cálculos à mão, por isso, a caneta é também necessária no segundo dia de prova.

Entre as identificações aceitas estão a carteira de habilitação (CNH), o passaporte e a carteira de trabalho emitida após 27 de janeiro de 1997. A novidade desta edição é que são aceitos os documentos digitais com foto do e-Título, CNH digital e RG digital. Eles devem ser apresentados nos respectivos aplicativos oficiais Não serão aceitas fotos da tela do celular.

A máscara de proteção facial é obrigatória, exceto nos estados ou municípios onde o uso do item em local fechado esteja liberado por decreto ou ato administrativo de igual poder regulamentar.

É recomendado ainda que os participantes levem água e lanche, já que a prova tem longa duração. Também é aconselhável levar no dia do exame o cartão de confirmação da inscrição, que traz, entre outras informações, o local de prova. O cartão pode ser acessado na Página do Participante.

Candidatos comparecem a local de prova para a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022.
Candidatos podem obter cartão de confirmação na Página do Participante na internet – Marcelo Camargo/Agência Brasil

Caso necessite comprovar que participou do exame, o estudante pode, também na Página do Participante, imprimir a declaração de comparecimento para cada dia de prova, informando o CPF e a senha. A declaração, que deve ser apresentada ao aplicador na porta da sala, serve, por exemplo, para justificar a falta ao trabalho.

No primeiro dia de Enem, os participantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. Cerca de 2,5 milhões, ou seja, 73,3% dos 3,4 milhões de inscritos compareceram ao exame.

Gabarito 

Os gabaritos das provas serão divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) até o dia 23, online.

O Enem seleciona estudantes para vagas do ensino superior públicas, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), e serve de parâmetro para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados também podem ser usados para ingressar em instituições de ensino portuguesas que têm convênio com o Inep.

*Fonte: Agência Brasil


Compartilhe esse post

CHUVA CAUSA TRANSTORNOS EM CIDADE DO SERIDÓ, VEJA VÍDEO

  • por
Compartilhe esse post

Foto: Reprodução

A chuva que caiu entre a noite deste sábado (19) e a madrugada de domingo (20) causou transtornos e alagou ruas na cidade de Caicó, na Região Seridó do Rio Grande do Norte.

De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), as chuvas no município atingiram até 74 milímetros neste período.

Essa maior marca foi registrada no Centro de Caicó. Moradores da localidade compartilharam vídeos em que mostram o alagamento das ruas no trecho. (VEJA O VÍDEO)

Reprodução

De acordo com o Cemaden, as chuvas começaram por volta das 22h, atingindo a maior intensidade por volta das 23h, quando, apenas nessa hora, registrou 55 milímetros de acúmulo de água. As chuvas entraram pela madrugada.

*Com informações de G1 RN


Compartilhe esse post

PSDB ANUNCIA CANDIDATURA DE DOUTOR THALES A PREFEITO DE IPANGUAÇU

  • por
Compartilhe esse post

Foto: Reprodução

Embora o prefeito Valderedo Bertoldo e sua vice Maria Carmelita tenham sido pelo cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) com direito ainda a recorrer ao TSE – Tribunal Superior Eleitoral, portanto, ainda sem data definida para uma provável eleição suplementar, o PSDB de Ipanguaçu partiu na frente e já lançou a candidatura do dentista Thales Marinho, que no pleito de 2020 ficou em terceiro lugar, obtendo 3.238 votos, representando 31,36% dos votos válidos.

No pleito anterior, o prefeito eleito Valderedo Bertoldo teve 3.542 votos (34,31%) dos 10.379 votos válidos, enquanto que o segundo colocado, Remo Fonseca, obteve 3.458 votos (33,49%).

Com a sua candidatura lançada pelo PSDB, Thales Marinho deverá buscar apoios mais significativos na disputa pela eleição suplementar que ainda não tem data marcada, mas adiantou que “Saímos do último pleito municipal com 3.238 votos de confiança, e na campanha estadual obtivemos uma expressiva votação, mesmo sem grandes apoios políticos, demonstrando que continuamos fortalecidos e prontos para nos colocar novamente à disposição do nosso povo”.


Compartilhe esse post

CONFUSÃO TERMINA EM MORTES NO MINISTÉRIO DA DEFESA

  • por
Compartilhe esse post

Foto: Roque Sá/Agência Senado

Na manhã deste sábado (19/11), uma confusão no alojamento da guarda do Ministério da Defesa terminou na morte de um militar da Força Aérea Brasileira (FAB). Em nota, a pasta confirmou o ocorrido e prestou condolências aos familiares e amigos da vítima.

“É com profundo sentimento de tristeza e pesar que o Ministério da Defesa lamenta o incidente ocorrido, na manhã deste sábado (19.11), no alojamento da guarda, localizado no prédio anexo da Pasta, e que vitimou, por meio de disparo de arma de fogo, um militar da Força Aérea Brasileira (FAB).”

A vítima foi identificada como Kauan Jesus da Cunha Duarte, 19 anos, de acordo com o boletim de ocorrência. O suspeito, Felipe de Carvalho Sales, também era um militar da FAB e tem 19 anos. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar ao local, o soldado já estava morto.

O suspeito foi preso e permanecerá detido enquanto a investigação para apurar o caso segue em curso. O caso será investigado pela Força Aérea. Em nota, o Ministério da Defesa lamentou o caso e afirmou que acompanha a apuração e investigação dos fatos.

“O Ministério rende as condolências aos familiares e amigos, pela irreparável perda. Neste momento de dor, a Defesa une-se às manifestações de solidariedade e de apoio à família, bem como acompanha a apuração e a investigação dos fatos, a serem conduzidas pela Força Aérea”.

Com informações do Correio Braziliense e CNN Brasil


Compartilhe esse post