Início » Arquivos para Tulio Lemos » Página 10

Tulio Lemos





PLANO PLURIANUAL (PPA) RETORNA À COMISSÃO DE JUSTIÇA COM 375 EMENDAS

  • por
Compartilhe esse post

O Projeto de Lei 561/2021, que dispõe sobre o Plano Plurianual (PPA) de Natal para o quadriênio 2022-2025 retornou à comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal com 375 emendas apresentadas pelos vereadores. A matéria é um instrumento de planejamento governamental que define as diretrizes, objetivos e metas da administração orientando a Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).

A relatora da matéria, vereadora Nina Souza (PDT) apresentou parecer favorável às emendas em reunião nesta segunda-feira (8) e explicou que será feita uma sistematização para apreciação das mesmas em plenário. “Hoje passamos as emendas e essa matéria segue para a Comissão de Finanças. Como líder da bancada governista, vamos nos articular com outros líderes de bancadas para separarmos as emendas consensuais, as que necessitam de retificações e as não consensuais. É interessante saber que votaremos o PPA em plenário no dia 17 de novembro”, declarou a vereadora.

Na reunião, os vereadores apreciaram ainda outras matérias, dentre as quais, o Projeto de Lei nº 159/2021, que prevê a instalação de contador regressivo e sonoro de sinalização semafórica para pedestres. “Nossa intenção é garantir a padronização dos semáforos, haja vista que o cidadão costuma ficar na dúvida sobre o momento de atravessar a via sem saber o tempo que falta para o semáforo fechar. Além disso, as pessoas com deficiência precisam do sinal sonoro para saber o tempo certo de atravessar com segurança e tranquilidade. O projeto busca evitar acidentes e já está dentro do que prevê a legislação federal de acessibilidade”, explicou o vereador Kleber Fernandes (PSDB), autor do projeto e presidente da comissão.

Outra matéria, relatada pelo vereador Preto Aquino (PSD), prevê o fornecimento de cesta básica para a pessoa com deficiência, no âmbito do município. “Demos parecer favorável visto que está dentro das normas da legalidade. Essa distribuição de cesta básica deve ser feita conforme a renda familiar do solicitante, estando cadastrado nas secretarias e comprovando a situação de deficiência e também de renda que atenda os critérios”, explicou sobre o projeto de autoria do vereador Tércio Tinoco (PP).

Participaram ainda da reunião as vereadoras Ana Paula (PL) e Camila Araújo (PSD) e o vereador Klaus Araújo (SDD).

Fonte: ASSECAM


Compartilhe esse post


VEREADORES DISCUTEM INCLUSÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA COM SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO

  • por
Compartilhe esse post

Os vereadores da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Câmara Municipal de Natal receberam, nesta segunda-feira (8), a secretária municipal de Educação, Cristina Diniz, que apresentou um balanço sobre o trabalho de inclusão de estudantes com deficiência na rede de ensino.

“Foi uma convocação fruto de visitas às escolas nas quais verificamos a falta de acessibilidade e precisamos saber quando estarão adaptadas, de acordo com a Legislação Federal. Além disso, questionamos sobre denúncias que apontam para estagiários assumindo turmas sem professor auxiliar e recebemos a garantia que haverá a substutição desses cargos. A inclusão precisa ser pensada em todos os aspectos e estamos cobrando que isso aconteça”, declarou o vereador Tércio Tinoco (PL), presidente da comissão.

Também participaram do encontro a vereadora Divaneide Basílio (PT) e os vereadores Robson Carvalho (PDT), Herberth Sena (PL), Anderson Lopes (SDD) e, de modo remoto, Pedro Gorki (PT). Eles questionaram sobre como os alunos com deficiência foram atendidos durante a pandemia da covid-19, como está ocorrendo o retorno às aulas presenciais, a questão da acessibilidade e a presença de profissionais especializados. “É importante termos um relatório com o diagnóstico das escolas e CMEIs para termos um norte e continuarmos verificando a estrutura das escolas e a questão da acessibilidade. Dessa forma podemos continuar cobrando a execução dos projetos de inclusão de forma mais célere”, destacou o vereador Robson Carvalho, vice-presidente da comissão.

De acordo com a secretária Cristina Diniz, a rede municipal atende a 1.857 alunos com alguma deficiência, sendo a maior parte formada por estudantes com o espectro autista ou deficiência intelectual. Ela também disse que desde 2008 as matrículas desses alunos são feitas de forma antecipada, que o município dispõe de transporte de ônibus escolares adaptados e que conta com professores de libras.

“A Secretaria faz um trabalho não apenas para inclusão na sala de aula, mas também de forma individual, nas salas multifuncionais que temos na rede. O número de alunos com deficiência vem crescendo a cada ano, especialmente os autistas e crianças com microcefalia. Temos trabalhado para diagnosticar esses alunos que são também referenciados para outros serviços necessários, além da escola”, destacou a gestora.

Dentro do que foi apresentado pela secretária, a vereadora Divaneide Basílio sugeriu que a comissão retornasse às escolas para conferir o que já está sendo executado e o que ainda é está na previsão . “Foram apresentadas muitas coisas, mas algumas ainda estão sem previsão. Por isso, precisamos ir in loco saber se essa estruturação das escolas é um projeto, se já está concretizado ou ainda em andamento. Além disso, não dá para pensar na escola inclusiva sem valorização profissional, por isso, é importante discutirmos e acompanharmos o cumprimento do piso dos professores”, defendeu a parlamentar.

Fonte: ASSECAM


Compartilhe esse post

SENAC RN FORMA CERCA DE 200 ALUNOS DE EXTREMOZ

  • por
Compartilhe esse post

Reprodução: Senac RN

Cerca de 200 alunos do Senac RN em Extremoz receberam, nesta quinta-feira (4), seus certificados de conclusão de curso. Os alunos foram capacitados por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG), nas áreas de Gastronomia, Turismo, Hospitalidade, Meio Ambiente, Gestão, Comércio, Beleza e Saúde, recebendo os diplomas das mãos do diretor de Educação Profissional, Gedson Nunes, da prefeita de Extremoz, Jussara Sales, além de outras autoridades locais.

As aulas tiveram início no mês de junho de 2021 e as últimas turmas encerram o período letivo em janeiro de 2022. Os cursos oferecidos foram de Agente de Gestão de Resíduos Sólidos; Assistente administrativo; Auxiliar de Cozinha; Bolos e tortas; Camareira; Cuidador de idosos; Design de Sobrancelhas; Garçom; Operador de Caixa; Recreador; Técnica de produção de sobremesa; Técnicas para Camareira e Vendedor.

O diretor de Educação Profissional do Senac RN, Gedson Nunes, comentou que das 20 mil pessoas atendidas com a educação da instituição, cerca de 50% tem acesso a capacitação de forma gratuita, através do Programa Senac de Gratuidade, que tem como principal objetivo democratizar o acesso ao ensino profissional.

“Ter um certificado profissional com a marca de excelência Senac é, sem dúvidas, um diferencial no currículo de vocês. Temos certeza de que as capacitações que oferecemos significam melhoria da qualidade de vida e oportunidade de geração de renda extra para várias famílias, o que, consequentemente, traz impactos à economia do município”, declarou o diretor.

A prefeitura Jussara Sales falou aos estudantes da importância de, independentemente da idade, buscarem qualificação.

“Sem o Senac, não conseguiríamos trazer esse leque de oportunidades para a população e reforçamos a nossa parceria. Agradeço aos instrutores do Senac pela dedicação e aos nossos alunos, que mesmo com as dificuldades, se mantiveram firmes nos estudos. Que bom que vocês abraçaram essa oportunidade”, declarou.

“Esse momento é grandioso não só para mim, mas para toda a minha família. Nós somos merecedores de receber esse certificado e esse é o primeiro grande passo para nossa carreira. Nos esforçamos, estudamos e merecidamente vencemos. A primeira vitória para as futuras conquistas”, declarou o orador dos concluintes, Francisco Bernardino.


Compartilhe esse post

CÂMARA DE NATAL DEBATE SISTEMAS URBANOS E AMBIENTAIS PREVISTOS NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR

  • por
Compartilhe esse post

A Comissão Especial de Estudos do Plano Diretor da Câmara Municipal de Natal tratou nesta sexta-feira (5), em audiência pública, sobre Projetos e Sistemas Urbanos Ambientais e de Infraestrutura, descritos entre os artigos 123 e 197 do projeto de revisão do Plano Diretor (PDN) que tramita no Legislativo Municipal.

“Nossa quarta audiência foi muito positiva e mais uma vez a gente trouxe as entidades de diferentes setores para debater o Plano Diretor, esclarecendo dúvidas mais voltadas para a questão do uso dos espaços e aspectos ambientais e urbanos”, destacou o vereador Hermes Câmara (PTB), que presidiu a audiência.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), Thiago Mesquita, levantou a questão do Sistema de Espaços Livres e Áreas Verdes (SELAV), previsto no projeto, que deve ser composto pelo conjunto de áreas enquadradas nas diversas categorias protegidas pela legislação ambiental e urbanística. Contudo, destacou que é possível preservar dando utilidade a estas áreas. “Até mesmo a preservação não deve ser feita de qualquer forma. Precisamos avançar nesse conceito. Preservar não é só proibir o uso. A ideia é de criar um sistema organizado e planejado para a preservação sustentável que garanta desenvolvimento socioeconômico, bem-estar e segurança”, disse ele, relembrando as fragilidades das áreas ambientais e a importância para a preservação da qualidade do aquífero que abastece a cidade.

A vereadora Nina Souza (PDT), líder da bancada governista, anunciou que vai apresentar emenda instituindo um Plano Setorial de Mudança Climática a ser executado até 2030 para dimensionar a emissão de gases que agravam o efeito estufa por diversas atividades, o impacto climático na cidade e como mitigar esses efeitos. “Vamos incorporar esse plano identificando os efeitos para que já fique consolidado e previsto no Plano Diretor e até para que sirva de exemplo para outras cidades”, explicou ela.

Os vereadores demonstraram preocupação sobre o atraso na regulamentação de cinco das dez zonas Zonas de Proteção Ambiental (ZPAs) e a exclusão de trechos de algumas dessas. “A alternativa dada no projeto é excluir essas partes invadidas, mas isso é muito arriscado e estimula novas invasões, quando se deveria retirar essas pessoas e inclui-las em projetos habitacionais para recuperar essas áreas”, destacou o vereador Robério Paulino (PSOL).

O projeto prevê ainda planos de Arborização Municipal; de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica; um Sistema de Mobilidade Urbana que será regido pelo Plano Municipal de Mobilidade Urbana; Sistema de Saneamento Ambiental; de Uso dos Espaços Públicos (mercados, camelódromos e centros comerciais públicos, quiosques, feiras livres, bancas de revistas e cigarreiras); e de Proteção do Patrimônio Cultural, composto pela Área Especial de Preservação nos bairros mais antigos.

A vereadora Divaneide Basílio (PT), revisora do projeto na Comissão Especial, disse que identificou incongruências em diversos artigos estudados na audiência desta sexta-feira. “A gente já realça a importância da participação de itens locais, como as desapropriações de áreas, que acreditamos precisar de consulta pública. A questão dos Espaços Livres (SELAV) apresenta texto com incongruência sobre o papel que deve desempenhar para que façam sentido. Vamos apresentar então algumas emendas, inclusive sobre a remoção e preservação das árvores que já existem na cidade, observando a legislação específica e o que protege essa vegetação”, disse a parlamentar.

A audiência contou também com a participação dos vereadores Paulinho Freire (PDT), Raniere Barbosa (Avante), Aroldo Alves (PSDB), Milklei Leite (PV), Preto Aquino (PSD), Kleber Fernandes (PSDB), Nivaldo Bacurau (PSB), Herberth Sena (PL), Luciano Nascimento (PTB), Klaus Araújo (SDD) e as vereadoras Brisa Bracchi (PT) e Nina Souza (PDT), além de Margarete Régia (PROS), que participou de forma virtual assim como o vereador Tércio Tinoco (PP). Além disso, compareceram representantes do Ministério Público Estadual, Sistema Fecomércio, Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-RN), CDL, Crea/RN, Caern, Conselheiros do Concidade, Procuradoria do Município, lideranças comunitárias, profissionais independentes, professores e pesquisadores.

Fonte: ASSECAM


Compartilhe esse post

CÂMARA DE NATAL CONVIDA A POPULAÇÃO PARA DISCUTIR PLANO DIRETOR

  • por
Compartilhe esse post

A 4ª audiência pública sobre o Plano Diretor de Natal ocorrerá na próxima sexta-feira (05/11). Mais uma vez, a Câmara Municipal convida a população a participar dessa discussão tão importante para a nossa cidade!

Na ocasião, os vereadores receberão o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Thiago Mesquita, além do Assessor Técnico da pasta, Daniel Nicolau. Em pauta, estarão os artigos 121 a 180 do projeto.

Venha entender o Plano Diretor com a gente! Acompanhe tudo pela TV Câmara Natal ou pelo nosso canal no YouTube.

📌 Local: Plenário Erico Hackradt – Câmara Municipal de Natal 
📅 Data: 05/11
🕘 Horário: 9h


Compartilhe esse post


COMISSÃO DE FINANÇAS APROVA PLANO DIRETOR E AUTORIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMO PARA O MUNICÍPIO

  • por
Compartilhe esse post

A Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização da Câmara Municipal de Natal aprovou, em reunião nesta quarta-feira (3), três projetos de autoria do Executivo Municipal: a revisão do Plano Diretor de Natal (PDN), o Plano Plurianual (PPA) e a autorização para contratação de crédito de até R$ 400 milhões da parte do Município com instituições financeiras.

O parecer favorável à autorização de crédito foi apresentado pelo vereador e presidente da comissão, Raniere Barbosa (Avante). “Nosso parecer foi aprovado com ressalva para que o Governo municipal possa justificar sua capacidade de endividamento, de pagamento e de aplicabilidade dos recursos na saúde, na educação e infraestrutura, dando garantia à prerrogativa do Legislativo de acompanhar a execução dessas ações”, destacou o relator, no mesmo entendimento da vereadora Nina Souza (PDT), líder da bancada governista e do vereador Nivaldo Bacurau (PSB).

O texto tramita em regime de urgência na Câmara e o chefe do Executivo determina um prazo até 30 de junho de 2024 para a operação, oferecendo como garantia as cotas de repartição constitucional, do Imposto de Circulação de Mercadorias – ICMS e/ou do Fundo de Participação dos Municípios – FPM.

Mas a proposta de empréstimo também gerou questionamentos na Comissão de Finanças e pedidos para que haja um detalhamento de quais ações serão realizadas nas áreas mencionadas na proposta. “Acredito ser um valor muito alto para que se dê um cheque em branco à Prefeitura. O que pedimos é que se direcione em que exatamente esse dinheiro vai ser utilizado, em quais áreas. Se não disserem em que vai ser investido, é cheque em branco sim”, contrapôs o vereador Robério Paulino (PSOL) ao reforçar o mesmo questionamento do vereador Anderson Lopes (SDD) e da vereadora Brisa Bracchi (PT) que também compareceram à reunião.

Além deste, o Projeto de revisão do PDN, também foi aprovado na comissão, a partir da relatoria do vereador Robson Carvalho (PDT). “Dentro dos requisitos técnicos, nós analisamos a matéria, chamando antes uma audiência pública para democratizar o debate. Nosso parecer foi respaldado na questão dos impactos orçamentários que o projeto irá trazer para o município”, disse o relator.

O PDN passa a tramitar agora na Comissão de Planejamento Urbano, Meio Ambiente e Habitação com previsão de ser levado a Plenário entre os dias 20 e 23 de dezembro.

Fonte: ASSECAM


Compartilhe esse post

CÂMARA DE NATAL RETOMA ATIVIDADES PRESENCIAIS COM EXIGÊNCIA DE COMPROVANTE DE VACINAÇÃO

  • por
Compartilhe esse post

Mais de um ano e meio depois da adoção do Sistema de Deliberação Remota por causa da pandemia de Covid-19, a Câmara Municipal de Natal está retomando as atividades presenciais com a exigência de comprovante de vacinação. O ato da Mesa Diretora da Casa foi publicado no Diário Oficial Município da última segunda-feira (1). 

De acordo com o texto, a medida foi tomada em face da necessidade de estimular a adesão dos servidores da CMN ao plano nacional de vacinação contra o novo coronavírus como forma de garantir um cenário epidemiológico favorável, haja vista que o combate à pandemia e a adoção de ações de prevenção são questões que devem ser enfrentadas por toda a sociedade, e que o esforço para a superação da crise é de responsabilidade conjunta de governos, de empresas e de cidadãos.

Desta forma, além da continuidade dos protocolos sanitários de combate à Covid-19, como o uso da máscara facial, higienização das mãos e distanciamento mínimo, o acesso do público às dependências da Câmara, bem como aos gabinetes parlamentares está liberado para pessoas comprovadamente vacinadas contra a covid-19, em conformidade ao calendário de imunização. 

Os servidores da instituição deverão apresentar no prazo de 15 dias úteis a contar da publicação do ato a comprovação do esquema vacinal. O comprovante de vacinação deverá ser apresentado por meio de qualquer dos seguintes documentos oficiais: aplicativo Mais Vacina; certificado de vacinas digital, disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde – ConectaSUS; comprovante/caderneta/cartão de vacinação impresso em papel timbrado, emitido no momento da vacinação pelas Secretarias de Saúde, estadual ou municipal, institutos de pesquisa clínica ou outras instituições governamentais, nacionais ou estrangeiras. O servidor que não atender ao disposto, incorrerá em falta disciplinar passível de sanção, podendo ir da advertência até a suspensão ou mesmo a demissão.

Apesar da volta presencial, os servidores que se enquadrem no grupo considerado de risco, devendo estes, quando possível, ser direcionados para o teletrabalho, todavia, deverão enviar os laudos médicos que atestem sua comorbidade para o seu chefe imediato, juntamente com o requerimento de afastamento das atividades presenciais, que serão decididos pela Coordenadoria de gestão de pessoas.

O presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PDT), frisou que o momento exige responsabilidade e colaboração de todos. “O nosso objetivo é garantir um ambiente de trabalho com reduzido risco de contaminação, preservando a saúde coletiva dos servidores e assegurando um cenário epidemiológico favorável no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte. Estamos atentos e continuaremos guiados pelas orientações das autoridades de saúde, como temos feito desde o primeiro dia da pandemia”, destacou.

Fonte: ASSECAM


Compartilhe esse post




PREFEITURA LANÇA NATAL EM NATAL DO RECOMEÇO

  • por
Compartilhe esse post

Foto: Alex Régis

Música, dança, teatro, artes visuais, gastronomia, artesanato e diversas outras manifestações culturais estão contempladas na edição 2021 do Natal em Natal, que marca o recomeço dos grandes eventos culturais em um cenário de maior controle da pandemia de Covid-19. De novembro até janeiro, a cidade vai contar com apresentações, shows, espetáculos e exposições dos mais variados segmentos da cena artística natalense espalhadas por todas as regiões. O acendimento da árvore de Mirassol, no dia 19 de novembro, vai marcar a abertura oficial dos festejos. A programação do evento foi divulgada na manhã desta quinta-feira (28) pelo prefeito Álvaro Dias e pelo secretário municipal de Cultura, Dácio Galvão, em solenidade no salão de eventos do Sesc Rio Branco.

Com foco na promoção e valorização do artista local, a programação do Natal em Natal 2021 vai acontecer em polos no Centro Histórico (Rua João Pessoa e Espaço Cultural Ruy Pereira); Espaço Cultural Jesiel Figueiredo (Zona Norte); Redinha (Réveillon) e Espaço Cultural Marilene Dantas (Árvore de Mirassol). Os festejos também vão contar com os eventos contemplados pela lei de incentivo cultural Djalma Maranhão.

“Esse é um momento muito emblemático. Depois de tantas incertezas, angústias e agruras, o segmento cultural renasce forte e pujante com o início do Natal em Natal. Os tempos dolorosos já são parte do passado. Vamos agora com todos os cuidados e seguindo os protocolos devolver aos natalenses a oportunidade de vivenciar e celebrar uma nova era. O recomeço dos grandes eventos culturais em nossa cidade é motivo de muita alegria e satisfação. Preparamos uma programação bem eclética e de qualidade, valorizando o que a cultura de Natal tem de melhor”, destacou o prefeito.

Para Dácio Galvão, o Natal em Natal 2021 ganha muita representatividade, já que o segmento cultural foi um dos mais afetados nesse cenário pandêmico: “Fomos o primeiro setor a parar e somos o último a retomar. Tivemos um período bem difícil, mas o militante cultural é resistente e sabe se transformar em meio às tribulações. Os artistas não tiveram a oportunidade de se apresentar ou expor seus trabalhos, mas não deixaram de produzir e de se movimentar. Agora eles terão a oportunidade de mostrar ao público seu talento. Vamos ter momentos de intensa emoção e alegria nesse recomeço”, projetou o secretário municipal de cultura.

O Natal em Natal envolve trabalho coletivo de diversas secretarias do Município. Além da Secult, integram a produção do Natal em Natal as secretarias municipais de Turismo, Mobilidade Urbana, Segurança Pública e Defesa Social, Saúde, Comunicação Social, Educação, Obras Públicas, Serviços Urbanos (Semsur) e a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).

Iluminação

Como em todos os anos, a cidade vai receber projeto de iluminação natalina coordenado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur). A maior parte do material que será utilizado foi reaproveitado dos últimos anos como forma de gerar economia aos cofres públicos municipais. Os principais corredores de mobilidade das quatro regiões receberão elementos decorativos. Além disso, serão instaladas quatro árvores natalinas.

Confira a programação completa em www.natal.rn.gov.br


Compartilhe esse post

HOSPITAL INFANTIL VARELA SANTIAGO PROMOVE BAZAR SOLIDÁRIO COM PRODUTOS DOADOS PELA RECEITA FEDERAL

  • por
Compartilhe esse post

O Hospital Infantil Varela Santiago recebeu um contêiner de produtos da Receita Federal, e nos próximos dias 04, 05 e 06/11, vai realizar um bazar solidário com o objetivo de arrecadar fundos para manutenção e investimento nas ações de saúde realizadas na instituição.

O Bazar acontecerá no Midway Mall, na antiga loja Etna, localizada no 3º piso, das 10h às 17h, com itens a preços diferenciados. São smartphones, eletrônicos, perfumes importados, vestuário, brinquedos, kits de maquiagem, entre outros.

Para participar do evento, será necessária a inscrição no site https://www.sympla.com.br/bazar-solidario-do-hospital-infantil-varela-santiago__1394582, no valor de R$ 30,00 (trinta) reais por participante, com entrada e horários agendados. A mercadoria foi dividida por lotes, para garantir produtos suficientes para todos os horários.

Durante o evento, os protocolos de prevenção ao coronavírus serão tomados, além da exigência de regras como a permanência máxima de pessoas por vez no local, além dos cuidados do distanciamento e do uso de álcool gel.

Mais informações: 84 3209-8200.


Compartilhe esse post



PROGRAMA “APRENDENDO MAIS” FORMA SUA PRIMEIRA TURMA

  • por
Compartilhe esse post

Foto: Joana Lima

O programa “Aprendendo Mais”, criado pela Prefeitura de Natal, concluiu nesta segunda-feira (25) sua primeira edição, com a formatura de sua primeira turma. O prefeito Álvaro Dias recebeu uma homenagem dos alunos durante o evento, em virtude da sua gestão ter criado o programa e oportunizado a alfabetização de pessoas que não tiveram acesso ao ensino regular. A vice-prefeita Aíla Cortez também participou da solenidade.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Educação, o “Aprendendo Mais” retoma a Educação de Jovens e Adultos (EJA) pela pedagogia do educador Paulo Freire, uma referência na alfabetização de adultos. O objetivo é enfrentar e reduzir os índices de analfabetismo em Natal.

Os 68 adultos e idosos alfabetizados na turma do “Aprendendo Mais” receberam seus diplomas e a confirmação de que estavam encaminhados para a próxima etapa de ensino em novas instituições. A cerimônia foi repleta de emoção diante da jornada de dois anos.

Entre as dificuldades por conta da pandemia e o distanciamento social, foram um ano e meio de aulas remotas, através do whatsapp, e apenas cinco meses de encontros presenciais. Seis professores e dois coordenadores integraram o grupo de alfabetizadores que ministraram as aulas com suporte de gestores da SME em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O prefeito Álvaro Dias disse que o “Aprendendo Mais” é uma das importantes ações educacionais do município, por permitir a inclusão social e cidadania de pessoas, para que elas possam recomeçar em qualquer idade e sonhar com uma nova vida. “Nos enche de alegria e orgulho ver o sonho de vocês realizado após enfrentar uma pandemia. É uma alegria ver nascer um novo ser alfabetizado. Agora é caminhar rumo ao futuro, recuperar o tempo perdido e lutar por uma cidade alfabetizada, no acesso aos livros, à informação, ao conhecimento”, destacou ele.

Álvaro confirmou a expansão do programa agregando outras instituições além da UFRN. “Vamos caminhar a passos largos para diminuir esses números duros de quase 8% de analfabetismo, um número alto de pessoas ainda mergulhadas na escuridão do analfabetismo”.

Os alunos entregaram um livro de Paulo Freire e uma placa ao prefeito Álvaro Dias, pela “determinação em implementar o programa como forma de reduzir os índices de analfabetismo em Natal”. Ao receber a homenagem, o gestor lembrou o déficit histórico da educação no Brasil, e citou Paulo Freire, afirmando que “o educador se eterniza em cada ser que educa”.

A chefe do Departamento do Ensino Fundamental EJA e coordenadora do “Aprendendo Mais”, Heloísa de Melo Cruz Alves, disse que o momento era de celebração pelos desafios e conquistas. “Todos que vivenciam a educação sabem que alfabetizar sem a presença física é muito difícil, pois a relação de educar é cuidar, pois necessitamos da empatia, amor e confiança que é estabelecida e fortalecida na sala de aula. Trazer para perto aquele que está longe, o que chega atrasado, ou o que dorme na sala. Foram quase um ano e meio longe, e essas pessoas superaram as expectativas aprendendo a ler e escrever”, disse.

O titular da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Semtas), Adjuto Dias, participou da cerimônia e lembrou que o momento é muito especial na vida de cada um dos concluintes pelo que tiveram de enfrentar. “Sabemos que essas pessoas têm muitas responsabilidades, trabalho, filhos, mesmo assim mostraram a força de vontade para escrever uma nova história”, disse o gestor, lembrando que a Semtas segue dialogando com a população na formação profissional desses concluintes, amparando-os no desejo de aprenderem uma nova profissão através do Centro de Trabalho e Empreendedorismo que a gestão criou em setembro de 2021.

Nova etapa

O “Aprendendo Mais” funcionou em seis polos distribuídos pela cidade. Os formandos integram as turmas do Centro Comunitário do Leningrado, Amigos do Santarém, Escola Municipal Santos Reis Centro de Assistência Social e Sustentabilidade Comunitária, Escola Professora Zeneide Igino de Moura e Paróquia São José Operário. Com o encerramento da primeira etapa, os alunos foram encaminhados para outras escolas para dar sequência aos estudos. Caso de José Porfírio da Silva Júnior, de 28 anos, natural de Toritama-PE, que vive em Natal. Orador escolhido pela turma, Porfírio disse que adorou a experiência de aprender a ler e escrever. “Hoje eu me sinto livre, posso pegar ônibus porque sei ler e escrever. Agora eu quero fazer um curso para ser enfermeiro, maqueiro ou vigilante e já estou encaminhado para a escola Manoel Bezerra no Planalto, que será minha turma mais avançada. Espero logo arranjar um trabalho”, planeja.


Compartilhe esse post