Início » Arquivos para Tulio Lemos » Página 34

Tulio Lemos


ALCKMIN É RECEBIDO COM VAIAS EM EVENTO DO PT NA ARENA DAS DUNAS E FÁTIMA TENTA APAZIGUAR OS ÂNIMOS

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: RICARDO STUCKERT

A recepção ao pré-candidato a vice na chapa petista para a presidência da República, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB), não foi das mais calorosas. Alckmin foi vaiado quando teve o nome anunciado e também quando discursou. Fátima Bezerra, por sua vez, tentou apaziguar os ânimos e defendeu um movimento mais amplo de alianças.

“Pelo senhor entender que o momento que o país vive é tão grave, mas tão grave, que se fazia necessário sim esse movimento mais amplo, de construirmos uma aliança de perfil mais progressista. Por isso seja muito bem vindo Geraldo Alckmin, nosso pré-candidato a presidente da República”, disse a governadora.

A petista também foi alvo de algumas vaias ao comparar a aliança com Alckmin à coligação que está formando para sua reeleição ao governo do Rio Grande do Norte.

“Com esse senso de responsabilidade política, inspirados no movimento que o presidente Lula fez, nós estamos fazendo um movimento mais amplo. Trouxemos, sim, o MDB com o deputado Walter [Alves] para o nosso vice, o ex-prefeito do PDT [Carlos Eduardo Alves] para ser o candidato ao Senado. É assim que se faz política. Para que a gente possa avançar e melhorar a vida do povo, a gente precisa primeiro ganhar eleição”, disse a governadora, no momento em que foi alvo de vaias.

Não bastante a má aceitação ao ex-governador de São Paulo no evento, o público vaiou também o deputado federal e candidato a vice-governador do Rio Grande do Norte na aliança com o PT, Walter Alves (MDB), e o pai dele, o ex-senador Garibaldi Alves.

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, defendeu os aliados petistas. “Nesse palanque aqui, pode ter gente que divergiu. Pode ter gente que teve diferença e que lutou. Mas está quem defende a democracia contra o Bolsonaro. É contra esse cara que nós temos que lutar”, afirmou Gleisi, sem mencionar o ex-governador.

Em seu discurso, Alckmin não comentou as vaias.


Compartilhe esse post

AO LADO DA ESPOSA, LULA CONVERSA SOBRE COOPERATIVISMO COM BORDADEIRAS DE TIMBAÚBA DOS BATISTAS

  • por
Compartilhe esse post

JANJA COM AS BORDADEIRAS DE TIMBAÚBA DOS BATISTAS. FOTO: RICARDO STUCKERT

Faltando pouco mais de um mês para o ex-presidente Lula e a socióloga Rosângela da Silva – Janja – completarem um mês de casados, o casal teve um encontro com as bordadeiras da cidade de Tibaúba dos Batistas, localizada na Região Seridó do Rio Grande do Norte. As artesãs foram responsáveis por bordar o “Luar do Sertão” no vestido de noiva de Janja.

VESTIDO DE NOIVA DE JANJA BORDADO PELAS ARTESÃS DO RN. FOTO: RICARDO STUCKERT

No encontro com as bordadeiras, Lula e Janja conversaram sobre os desafios para o cooperativismo no Brasil.

Às artesãs, Lula afirmou que, se eleito, vai dar tratamento especial para as cooperativas. “Temos que facilitar. Não podemos pensar que uma cooperativa funcione como se fosse uma empresa. Vamos levar muito a série esse negócio”, disse.

Uma das artesãs lembrou que a ex-presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei que reconhece a profissão do artesanato, mas que a lei não foi regulamentada.

As bordadeiras falaram ainda de gratidão por fazer parte do momento especial na vida do casal. Lula e Janja agradeceram o trabalho.

Janja destacou a importância do trabalho das mulheres em cooperativa para empoderamento feminino e para geração de trabalho e renda para a cidade de 2500 habitantes, dos quais 800 são mulheres bordadeiras. A cooperativa que reúne o grupo que bordou o “Luar do Sertão” foi criada em 1984 e tem 30 cooperadas.

Neste sábado, dia 18, o casal comemora um mês de casados cumprindo agenda em Aracajú (SE) onde deve participar de ato público no Centro de Convenções do município.


Compartilhe esse post

ROGÉRIO MARINHO FALA SOBRE TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO E ALFINETA LULA: “ACEITA QUE DÓI MENOS”

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: DÊNIO SIMÕES / MDR

Um dos temas abordados pelo ex-presidente Lula durante o ato “Vamos juntos pelo Brasil com Lula e Fátima”, na Arena das Dunas, nessa quinta-feira, 16, foi a transposição do Rio São Francisco. O petista criticou o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) por tentar “faturar votos” com a transposição do rio São Francisco.

As obras da transposição foram iniciadas no 2º governo de Lula. Ele e sua sucessora, Dilma Rousseff (PT), foram responsáveis por 88%. Michel Temer (MDB) por 5% e Bolsonaro, por 7%.

A transposição começou em 2008 e era prometida para 2012. Só em 2021, no entanto, os 2 eixos principais ficaram prontos. Ainda há ramais e obras complementares em andamento.

“Um Estado não deixava [transpor] porque achava que o rio era seu, o outro não deixava porque achava que o rio era seu”, declarou Lula em seu discurso.

“Enquanto isso, eu, Luiz Inácio Lula da Silva, em 1952, saí de pau de arara de Caetés [em Pernambuco] para morar em São Paulo à procura de oportunidade. Exatamente por causa da seca, exatamente por causa da fome”, disse o ex-presidente.

“Nós resolvemos fazer a transposição. E eu tive o prazer de inaugurar a transposição, um canal de 640 quilômetros”, afirmou Lula.

“Agora o ‘Bozo’ está dizendo que foi ele quem fez”, criticou o ex-presidente.

No Twitter, o ex-ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (PL), que esteve ao lado de Bolsonaro para para simbolizar a chegada do volume de água da transposição do rio São Francisco ao Rio Grande do Norte e outros estados do Nordeste, rebateu a fala do petista.

Marinho postou um vídeo falando sobre a obra e frisou que “A Transposição do Rio São Francisco foi idealizada por Dom Pedro 2°, concluída pelo Presidente Jair Bolsonaro e pertence ao povo Brasileiro”.

Veja a postagem


Compartilhe esse post

LULA CHAMA ROGÉRIO MARINHO DE “BAIXINHO DESGRAÇADO” E EX-MINISTRO REBATE: “O QUE REALMENTE IMPORTA É A ESTATURA MORAL!”

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER

O discurso do ex-presidente Lula durante ato político do PT em Natal foi recheado. Lula destacou o primeiro voto feminino conquistado em Mossoró, as mulheres que governaram o Rio Grande do Norte, falou sobre o combate à fome, disse acreditar na vitória de Fátima Bezerra nas urnas e, claro, deu uma alfinetada na oposição.

O petista aproveitou o momento e pediu aos milhares de pessoas presentes ao ato que fizessem um minuto de silêncio em homenagem ao indigenista Bruno Pereira e ao jornalista britânico Dom Phillips, assassinados brutalmente no Amazonas.

Crítica a Rogério Marinho

Ao falar sobre a transposição do Rio São Francisco, Lula criticou o ex-ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que é do Rio Grande do Norte.

“Outro dia eu vi o baixinho, o tal de Marinho, ele é daqui? Eu não sabia de onde ele era. Mas eu sei que ele é um dos preferidos do Bozo”, declarou Lula.

O ex-presidente disse que viu o ex-ministro falando na televisão que o atual governo havia levado água para diversos Estados.

“Eu falei: ‘desgraçado, não quer nem pagar pelo plágio que está fazendo’. Porque todo mundo sabe que quem construiu 88% do canal foram exatamente os governos do PT”, declarou o ex-presidente.

Marinho não demorou a se manifestar. No Twitter, o ex-ministro do Desenvolvimento Regional destacou que “a estatura física pouco importa. O que realmente importa é a estatura moral! Exatamente o que falta a ele na sua vergonhosa trajetória política”, escreveu Marinho na rede social.


Compartilhe esse post

LULA DIZ TER CERTEZA DE QUE FÁTIMA SERÁ REELEITA: “ESSE ESTADO NÃO VAI ABRIR MÃO DE TER UMA MULHER GOVERNADORA MAIS UMA VEZ”

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: RICARDO STUCKERT

Em seu discurso na noite dessa quinta-feira, 16, na Arena das Dunas, Lula elogiou a participação das mulheres do Rio Grande do Norte na política e afirmou que confia na reeleição de Fátima Bezerra para o governo do Estado.

Lula lembrou também a conquista do voto feminino em Mossoró, primeira cidade brasileira a garantir o direito às mulheres. “É o estado que mais elegeu governadoras mulheres desde a proclamação da República e o voto feminino foi conquistado por uma mulher de Mossoró, que entrou na Justiça para ter direito a votar”, destacou.

“Tenho certeza que esse Estado não vai abrir mão de ter uma mulher governadora mais uma vez”, frisou.


Compartilhe esse post


COM LUÍSA SONZA, PABLLO VITTAR E CLAUDIA LEITTE, MICARETA SÃO PAULO PROMETE SER O MAIOR FESTIVAL LGBT+ DO BRASIL

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO

O ritmo do carnaval chega à capital paulista com a primeira edição da Micareta São Paulo. Reunindo nomes do axé, pop, funk e eletrônico, de 16 a 18 junho, na Arena Anhembi, o evento será uma preparação para a Parada do Orgulho LGBT+.

Foram dois anos sem a realização do carnaval em “trio elétrico” no Brasil, e este será o primeiro grande festival carnavalesco em São Paulo depois desse período. A primeira edição das Micaretas da San foi realizada em 2018, em Salvador, e teve a presença de Claudia Leitte, Daniela Mercury e outros grandes nomes do axé.

Já em 2019, ainda em Salvador, Ivete Sangalo, Anitta e outras atrações agitaram a cidade baiana. Em entrevista ao Estadão, André Gagliano, sócio da San Sebastian, revela que já existia um desejo de trazer a festa para São Paulo mas que, devido à pandemia, os planos foram adiados.

“Vamos fazer a terceira edição da festa, sendo a primeira vez em São Paulo. Realizar uma festa do porte da Micareta, na capital paulista, era um desejo antigo que precisou ser adiado e a proposta é realizar grandes festas nos quatro cantos do País, pra levar a magia do carnaval baiano para todo o Brasil”, diz.

O festival ocorre às vésperas da Parada do Orgulho LGBT+ e a organização do evento pretende fazer deste o maior festival do público LGBT+ do País. “Será uma grande celebração da diversidade, do respeito e da igualdade, reunindo no line-up diversos artistas que pertencem à comunidade”, fala.

Daniela Mercury, Luísa Sonza, Pabllo Vittar, Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Ludmilla, Pepita, Dany Bond e Glória Groove são algumas das atrações para a Micareta São Paulo.

André Gagliano acredita que festivais como o que está organizando são “importantes para os artistas LGBT+ apresentarem seus trabalhos”, mas que isso não deve ser algo exclusivo do mês do Orgulho e sim “durante todo o ano”.

Luísa Sonza: ‘As pessoas terão espaço para dançar, curtir e até se emocionar’

Na quinta-feira, 16, Luísa Sonza se apresenta no Micareta São Paulo e revela que as expectativas para o show estão altíssimas. “O line-up do festival está repleto de grandes nomes da música brasileira, além dessa ser a primeira edição em São Paulo, então a responsabilidade duplica. Quero muito entregar uma performance que vai ficar na história do evento e na memória do público”, diz.

Pensando no mês do Orgulho LGBT+ e que o festival abre as portas para a Parada, Luísa não esconde a felicidade em participar de um evento que abraça a causa.

“Esse mês possui muita importância para todos da comunidade (e eu estou nessa). Fico feliz em saber que é uma causa que os festivais têm abraçado cada vez mais. O Micareta está realizando isso de uma maneira muito concreta e verdadeira, dando espaço e o devido reconhecimento para os artistas”, fala.

Além do show no festival, Luísa se apresenta na Parada do Orgulho LGBT+ no domingo, 18, e não esconde a ansiedade para esse momento: “Esse é um evento que representa toda busca pelos direitos que todos os LGBT+ precisam lutar constantemente, e é uma honra participar desse momento de resistência e celebração”.

Para o show da Micareta São Paulo, a cantora promete entregar muita dança e revela que a seleção das músicas foi baseada no álbum DOCE 22: “As pessoas terão espaço para dançar, curtir e até se emocionar. Espero que estejam preparados”.

‘Mal posso esperar para encontrar todo mundo nesse festival’, diz Pabllo Vittar

Pabllo Vittar sobe ao palco da Micareta na sexta-feira, 17 de junho, e revela que esse show tem muito significado para ela. “Esse mês do orgulho significa tanta luta, resistência e força. É a celebração da nossa existência, pois ainda estamos de pé mesmo diante de tantos preconceitos e barreiras”, fala, em entrevista ao E+.

Para a drag queen, poder se apresentar em festivais que apoiam a causa LGBT+ é “muito revigorante”: “É saber que as portas estão sendo abertas e nós, finalmente, estamos conseguindo espaço que por muito tempo nos foi negado”, diz.

“É muito importante que os festivais abracem essa luta, só assim nós vamos conseguir gerar mudanças reais, e trazer impacto na indústria cultural, que infelizmente ainda é muito conservadora”, fala.

Pabllo Vittar conta que a organização do Micareta a convidou apresentando toda a proposta do evento e que eles não só “prometem ser o maior festival para o público LGBT+, pois eles foram atrás de fazer isso acontecer mesmo”.

“O line-up é composto por diversos artistas da comunidade, e isso me enche de orgulho e de ansiedade, mal posso esperar para encontrar todo mundo nesse festival”, conta.

Claudia Leitte avisa que São Paulo ‘vai ferver’ com seu show

A Micareta São Paulo encerra as apresentações no sábado, 18, e uma das artistas que sobem ao palco no último dia é Claudia Leitte. A cantora baiana não esconde a animação e promete que São Paulo “vai ferver” com seu show.

“Quero levar o melhor de mim e do meu show para o público que vai estar lá comigo pois, se depender de mim, ninguém fica parado não”, fala, aos risos.

Claudia é figurinha carimbada na Micareta organizada por André Gagliano, sócio da San Sebastian. Em 2018, ela participou da primeira edição em Salvador e foi onde estreou a turnê Bandera Tour. Para a apresentação deste ano em São Paulo, a cantora brinca que seus fãs já sabem que com ela “o negócio é quente do início ao fim”.

“Ouso dizer que será ainda mais, pois ainda tem o gostinho de reencontro. Claro que teremos as músicas clássicas, como Exttravasa, Baldin de Gelo, Dekolê… E também as novas, como Dengo Meu, com Juliette e Lucy Alves, que lancei o clipe no último domingo (12 de junho) e tá lindão, e De Passagem. O resto eu deixo pra vocês descobrirem lá”, conta.

Por Emails Estadão


Compartilhe esse post

TRAGÉDIA DE BRUNO E DOM EXPÕE TERRA SEM LEI NA AMAZÔNIA, PATROCINADA PELO GOVERNO BOLSONARO. LEIA O EDITORIAL DA FOLHA

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO

Surgiu a notícia mais temida, nem por isso infelizmente menos provável, do paradeiro do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira, 41, e do jornalista britânico Dom Phillips, 57, desaparecidos na Amazônia desde a manhã do último dia 5.

De acordo com a Polícia Federal, um pescador envolvido com atividades ilegais confessou ter participado do assassinato e da ocultação dos cadáveres da dupla, que viajava de barco no extremo sudoeste do estado do Amazonas e visitava comunidades na vizinhança da Terra Indígena Vale do Javari, que abriga o maior número de povos isolados na floresta amazônica.

Restos humanos foram retirados do local apontado pelo suspeito.

Pereira trabalhou por uma década na Funai, onde atuou como coordenador da Vale do Javari e de Povos Isolados. Tinha ampla experiência na área, onde escolheu seguir trabalhando após exoneração do setor de isolados e licenciar-se do órgão federal, passando a colaborar com a Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari).

Phillips acompanhava o indigenista para colher informações sobre o sistema de autodefesa dos povos locais contra invasões de garimpeiros, madeireiros, caçadores e pescadores ilegais. Elaborava um livro sobre como salvar a floresta pela qual se apaixonou ao se mudar para o Brasil em 2007.

Profissionais experientes, tinham conhecimento dos riscos de circular num canto do Brasil frequentado também pelo narcotráfico, tanto é que em boa parte dos trajetos contavam com escolta da Univaja. Um advogado da associação informou que seus integrantes e Pereira já haviam recebido ameaças dias antes.

Eram fortes, portanto, os sinais de que eles teriam sido alvos de uma emboscada. Apesar disso, o Planalto tardou a reagir, mobilizando esforços só depois de deflagrada intensa campanha nacional e internacional para encontrá-los.

O mais lamentável na lerdeza desumana do poder público é sabê-la em tudo condizente com o jaez de Jair Bolsonaro. Um presidente bilioso e errático, que subscreve as mais delirantes doutrinas de cobiça internacional pela Amazônia e hostiliza o quanto pode indigenistas, ambientalistas e jornalistas.

Se criminosos agem livremente naquele rincão amazônico é porque o Estado dali se ausentou. Bolsonaro mais uma vez fugiu à responsabilidade, chegando ao cúmulo da ignomínia ao inculpar os próprios desaparecidos e dizer que empreendiam uma “aventura” e que Phillips era “malvisto” na região.

Jornalismo não é aventura, a Amazônia não será da democracia brasileira enquanto pistoleiros, facínoras e desmatadores impuserem a lei do cão na região, e Bolsonaro não será presidente digno do cargo enquanto se mantiver alinhado aos destruidores da floresta.

POR: editoriais@grupofolha.com.br


Compartilhe esse post

EX-REPÓRTER DA FOLHA RELEMBRA COBERTURA DA MORTE DE DOROTHY STANG E DISPARA: “NINGUÉM POLITIZOU QUANDO LULA ERA PRESIDENTE E MARINA MINISTRA”

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: MISSIONÁRIA DOROTHY STANG. FOTO: REPRODUÇÃO

O jornalista Silvio Navarro relembrou, em publicação no Twitter, seu período de atuação na Folha de São Paulo, durante o sumiço da missionária dos Estados Unidos, Dorothy Stang, morta na Amazônia. Conforme dito por Silvio, ninguém politizou a situação na época.

“Em 2004, trabalhei na cobertura do assassinato da missionária americana Dorothy Stang na Amazônia. Era repórter da Folha de S.Paulo. O presidente era Lula e a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. Não houve politização do caso”, escreveu.

Ele lembrou ainda o posicionamento do jornal na época e disparou: “Naquela época repórter não era mimado”.

Quem foi Dorothy Stang?

O crime aconteceu em 2005 no município de Anapu, no Pará. Seus executores estavam a mando do fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, conhecido como “Taradão”, que pretendia eliminar um dos grandes nomes na mediação de conflitos agrários. Stang sempre agiu na defesa dos trabalhadores rurais sem terra no estado.

Nascida em 1931 no estado de Ohio, a irmã Dorothy, como era conhecida, chegou ao Brasil em 1966, inicialmente para atuar na cidade de Coroatá, no Maranhão. Na década de 1970, a missionária migrou para a região do Xingu, na Amazônia, na época da inauguração da rodovia Transamazônica.

Desde sua chegada à Amazônia, Dorothy dedicou-se a defender o direito à terra para camponeses e à criação de projetos de proteção da floresta, agindo junto à população e ao governo.

Sua atividade pastoral incluía também a geração de emprego e renda com projetos de reflorestamento em áreas degradadas, além da minimização dos conflitos fundiários na região.

Segundo pesquisadores, todo o conflito começou quando o governo militar passou a distribuir terras públicas às margens da rodovia recém-inaugurada. Em alguns pontos ao longo da Transamazônica, houve apoio à instalação de pequenos agricultores.


Compartilhe esse post

AVIÃO COM POSSÍVEIS RESTOS MORTAIS DE BRUNO PEREIRA E DOM PHILLIPS CHEGA A BRASÍLIA NESTA QUINTA

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO

Um avião deve chegar nesta quinta-feira, 16, em Brasília com restos mortais localizados no Amazonas, na mesma região onde desapareceram o jornalista inglês Dom Phillips e o indigenista Bruno Pereira. A perícia irá confirmar se o material biológico pertence à dupla.

Os restos humanos “encontrados no local onde estavam sendo feitas as escavações” na região do Vale do Javari, no Acre, foram levados para Tabatinga (AM) na noite de quarta-feira, 15. Segundo o g1, às 15h desta quinta, o avião abastece em Vilhena (RO), e segue para a capital do país, onde deve chegar às 19h30.

Nesta quinta-feira, 16, a Polícia Federal vai fazer buscas pela embarcação que transportava o indigenista brasileiro Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips

O superintendente da Polícia Federal (PF) no Amazonas, Alexandre Fontes, afirmou que Amarildo da Costa Oliveira confessou ter assassinado Bruno e Dom. Os restos mortais foram encontrados enterrados no local indicado por Amarildo.

Confissão

Os irmãos Oseney da Costa Oliveira, conhecido como Dos Santos, e Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado, confessaram as mortes do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira. A informação foi divulgada pela TV Band e pela TV Globo nessa quarta-feira, 15, atribuindo a fontes da Polícia Federal. Os dois já estão presos por suspeita de envolvimento no desaparecimento.

Com informações do G1


Compartilhe esse post

MINISTÉRIO DA SAÚDE PODE PERDER, ATÉ AGOSTO, 28 MILHÕES DE DOSES DE VACINAS CONTRA A COVID-19

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: PEDRO LADEIRA /FOLHAPRESS

Relatório obtido pelo jornal Folha de S.Paulo, revelou que o Ministério da Saúde corre o risco de perder quase 28 milhões de doses de vacinas contra covid-19, adquiridas pelo valor de R$ 1,23 bilhão, caso os imunizantes não sejam aplicados até o fim de agosto. Com a estagnação da cobertura vacinal, os lotes se acumulam.

O relatório mostra ainda que ao menos 26 milhões de doses da AstraZeneca e 1,92 milhão da Pfizer perderão a validade nos próximos dois meses — sendo que 11,72 milhões e 16,35 milhões vencem, respectivamente, em julho e agosto. Os dados são mantidos em sigilo pela pasta e foram levantados pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Cada dose da vacina da AstraZeneca custou R$ 41,83, e da Pfizer, R$ 66,89. Os lotes que podem vencer somam R$ 1,09 bilhão e R$ 128,66 milhões, respectivamente. As vacinas dos dois laboratórios são apontadas pelo Ministério da Saúde como prioritárias no reforço da vacinação.

O ministério enviou 19,53 milhões de doses aos Estados em abril e maio — número inferior ao estoque a vencer.

“As informações trazidas pela SecexSaúde são de causar perplexidade, em especial aquelas atinentes ao estoque de vacinas que poderão ter seus prazos de validade expirados nos próximos meses”, escreveu o ministro Vital do Rêgo, relator do processo, em despacho nessa quarta-feira, 15.

Os dados foram incluídos em apuração aberta pelo TCU sobre a perda de validade dos estoques da pasta após a Folha revelar, em setembro de 2021, que o governo deixou de entregar no prazo medicamentos, vacinas e testes avaliados em mais de R$ 240 milhões. As informações foram enviadas ainda ao gabinete do deputado Luis Miranda (Republicanos-DF).

Atualmente, o governo federal tem 83 milhões de doses em estoque, segundo dados divulgados no site do Ministério da Saúde. A auditoria do TCU revelou ainda que, de setembro até o fim deste ano, mais 24,85 milhões perderão a validade.

Procurado pelo jornal, o ministério não respondeu sobre as vacinas que podem perder a validade nem sobre a queda de ritmo da campanha de vacinação. A pasta disse que “realiza distribuições regulares” das vacinas, “conforme cronograma definido pelas secretarias finalísticas”, e que todos os insumos são entregues dentro do prazo de validade. Ressaltou ainda que 500 milhões de vacinas já foram entregues na pandemia e a importância da segunda dose e do reforço. O Ministério da Saúde também recomenda aos Estados e municípios que façam a busca ativa da população para completar o esquema vacinal.

O ministro do TCU afirmou ser “estarrecedora e preocupante” a possibilidade de perda de uma elevada quantidade de imunizantes em um país “em que foram perdidas mais de 668 mil vidas para a covid-19 até hoje” e em um momento de nova onda de contaminação.

Vital determinou que a pasta adote as ações necessárias para evitar a perda das vacinas em estoque, em especial aquelas cujos prazos de validade se aproximam. As iniciativas devem envolver Estados e municípios, se for o caso, e o ministério deve informar as medidas adotadas em até 15 dias.

O relator também destacou que a rede privada de saúde está começando a aplicar a vacina da AstraZeneca por cerca de R$ 250 a R$ 350 por dose, e considerou “inusitado” existir um estoque com validade perto do fim no SUS enquanto clínicas privadas importam as mesmas doses.

Os técnicos do órgão apontaram que a pasta já poderia ter tomado diversas medidas para evitar a perda dos imunizantes, como o fortalecimento de campanhas de comunicação e a doação a outros países.

Com informações da Folha de S. Paulo


Compartilhe esse post

DEPUTADO CONVOCA POPULAÇÃO PARA EVENTO COM BOLSONARO EM NATAL

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: DIVULGAÇÃO

O deputado estadual Coronel Azevedo (PL/RN), convocou a população a comparecer em ato com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) que acontece nesta sexta-feira, 17, em Natal.

“Vamos receber, com muita gratidão, o nosso presidente da república Jair Messias Bolsonaro, que lançará o programa Wi-Fi Brasil, a internet livre para vários municípios. Na solenidade, serão entregues diversos chips de banda larga para cidades do RN, Paraíba, Pernambuco e Bahia”, disse Azevedo, na sessão plenária dessa quarta-feira, 15, na Assembleia Legislativa.

Segundo ele, constam ainda na programação do evento o anúncio da destinação de R$ 93 milhões para a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), a serem aplicados na perfuração de poços tubulares no Estado e a entrega de dessalinizadores.

“Além disso, a entrega de 2,7 mil titulações de terra através do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), a maior em toda a sua história. Por estas razões e muitas outras, convidamos a todos para se fazerem presentes e agradecermos por tudo que o Governo Federal tem feito por nosso Estado”, acrescentou.

Motociata

Apoiadores do presidente também farão uma motociata para recepcionar Bolsonaro. A concentração do movimento será às 9h no Posto Dudu, próximo à entrada da Base Aérea de Natal, em Parnamirim, onde o presidente vai desembarcar. De lá, os apoiadores sairão em motociata até o local do evento oficial com a presença do presidente da República: a praça Mãe Peregrina, no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul da cidade.


Compartilhe esse post

NO HOTEL BARREIRA ROXA, FÁTIMA E OUTROS GOVERNADORES AGUARDAM LULA PARA REUNIÃO DO CONSÓRCIO NORDESTE EM NATAL

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: ELISA ELSIE

Em publicação nas redes sociais, a equipe da governadora Fátima Bezerra comunicou que a petista, ao lado de outros governadores, já aguardam o ex-presidente Lula no Hotel Barreira Roxa para a reunião do Consórcio Nordeste.

Governadores membros do Consórcio Nordeste irão se encontrar para um almoço. A chefe do Executivo estadual está acompanhada da governadora do Piauí, Regina Sousa, e da vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino.

A reunião com o Consórcio Nordeste é o primeiro ato da visita de Lula ao Rio Grande do Norte nesta quinta-feira, 16, feriado de Corpus Christi. De lá, o ex-presidente circula ao longo da tarde pelos estandes da 1a Feira Nordestina de Agricultura Familiar, no Centro de Convenções de Ponta Negra. Por volta das 16h, o pré-candidato à presidência da República comparece a ato político com militantes do PT e aliados políticos da governadora no estacionamento do Arena das Dunas.

Mais cedo, no Twitter, Lula destacou que estará com a governadora Fátima Bezerra e com os governadores do Consórcio Nordeste. “Também terei a oportunidade de conversar com o povo potiguar sobre alternativas para gerar empregos e reduzir a pobreza”, disse na rede social.


Compartilhe esse post

BOLSONARO DEVERÁ DEFINIR NOME PARA VICE EM JULHO. VEJA CANDIDATOS

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: SÉRGIO LIMA/PODER360 E GUILHERME MARTIMON/MAPA

O presidente Jair Bolsonaro (PL) só deverá anunciar o nome do seu vice nas eleições em julho. Aliados acreditam que, por enquanto, os possíveis nomes estão sendo avaliados.

Nessa quarta-feira, 14, Bolsonaro disse que a ex-ministra Tereza Cristina (Agricultura) e o general Walter Braga Netto (ex-ministro da Defesa) são “cotadíssimos” para o cargo de vice em sua chapa pela reeleição, mas que ainda não fez sua escolha.

O presidente também declarou que a ex-ministra da Agricultura é um “excelente nome” e tem “poder de articulação”.

“Tereza Cristina é um nome excepcional para o Senado, como é excepcional para ser vice também, pelo seu poder de articulação. Mas não está batido o martelo sobre o nome dela nem sobre o Braga Netto”, disse em entrevista à jornalista Leda Nagle.

Sobre Braga Netto, Bolsonaro já sinalizou em pelo menos duas ocasiões que o ex-ministro da Defesa poderia ser seu companheiro de chapa.

“Eu tenho que ter um vice que não tenha ambições de ocupar a minha cadeira. O que posso adiantar pra vocês é que, por coincidência, o vice é de Minas Gerais, mas não quero adiantar o nome dele”, disse em entrevista à Jovem Pan. Braga Netto é natural de Belo Horizonte (MG), em 21 de março.

Já no dia 11 de abril, o presidente comentou que “90% Braga Netto está fechado aí. Qual a experiência dele, né? É um general de Exército. Participou da intervenção no Rio de Janeiro”, declarou em entrevista à Rádio Liberal.

No entanto, a ala política do governo defende uma saída honrosa para Braga Netto e apoia o nome de Tereza Cristina.

Com informações do Poder360


Compartilhe esse post

NATAL AMANHECE COM FAIXAS CONTRA LULA: “TEMOS UM LADRÃO VISITANDO. CUIDADO!”

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

A visita do ex-presidente Lula a capital Potiguar não tem agradado a todos. Na manhã desta quinta-feira, 16, a cidade amanheceu com faixas contra o petista. “Temos um ladrão visitando Natal. Cuidado!”, dizem as faixas espalhadas em passarelas da capital do estado.

No Twitter, o petista destacou que estará com a governadora Fátima Bezerra e com os governadores do Consórcio Nordeste. “Também terei a oportunidade de conversar com o povo potiguar sobre alternativas para gerar empregos e reduzir a pobreza”, disse na rede social.

Ao lado da esposa, Janja, Lula deve ter um encontro com artesãs de Timbaúba do Batista, região do Seridó, responsáveis pelo bordado do vestido de noiva que ela vestiu no casamento dos dois, há pouco menos de um mês. Assinado pela estilista Helô Rocha, a peça foi bordada com a temática “Luar do Sertão”, numa valorização da cultura brasileira.

A partir de 14h30, Lula visita a 1ª Feira Nordestina de Agricultura Familiar e Economia Solidária, que acontece de 15 a 19 de junho no Centro de Convenções de Natal.

Iniciativa da Câmara Temática da Agricultura Familiar do Consórcio Nordeste, coordenada pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, a feira tem como objetivo fortalecer iniciativas de integração de políticas públicas em torno do Programa de Alimentos Saudáveis do Nordeste e promover o intercâmbio de políticas públicas entre governos e movimentos sociais, além de fortalecer o cooperativismo e oferecer formação, por meio de oficinas e cursos sobre acesso à terra, produção de alimentos saudáveis e agroecologia.

A partir das 16h, agricultura familiar, cooperativismo e economia solidária serão temas centrais de ato público que acontece na Arena das Dunas, com presença de Lula e dos governadores que integram o Consórcio Nordeste. No começo da tarde, Lula terá almoço reservado com os governadores do consórcio que reúne Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe


Compartilhe esse post

EM CARTA, MULHER DE DOM PHILLIPS DIZ QUE ‘DESFECHO TRÁGICO PÕE FIM A ANGÚSTIA E INICIA JORNADA POR JUSTIÇA’

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO

Alessandra Sampaio, esposa do jornalista britânico Dom Phillips, se manifestou após a Polícia Federal encontrar os corpos do marido e do indigenista Bruno Pereira, nessa quarta-feira, 15. Em carta, a ela diz que o “desfecho trágico” encerra sua angústia e inicia a busca por justiça. “Agora podemos levá-los para casa e nos despedir com amor”, escreveu.

“Hoje, se inicia também nossa jornada em busca por justiça. Espero que as investigações esgotem todas as possibilidades e tragam respostas definitivas, com todos os desdobramentos pertinentes, o mais rapidamente possível”, acrescentou a mulher, que agradeceu os esforços das entidades nas buscas.

Leia a carta na íntegra:

“Declaração de Alessandra Sampaio, esposa de Dom Phillips:

Embora ainda estejamos aguardando as confirmações definitivas, este desfecho trágico põe um fim à angústia de não saber o paradeiro de Dom e Bruno. Agora podemos levá-los para casa e nos despedir com amor.

Hoje, se inicia também nossa jornada em busca por justiça. Espero que as investigações esgotem todas as possibilidades e tragam respostas definitivas, com todos os desdobramentos pertinentes, o mais rapidamente possível.

Agradeço o empenho de todos que se envolveram diretamente nas buscas, especialmente os indígenas e a Univaja. Agradeço também a todos aqueles que se mobilizaram mundo afora para cobrar respostas rápidas.

Só teremos paz quando as medidas necessárias forem tomadas para que tragédias como esta não se repitam jamais. Presto minha absoluta solidariedade com a Beatriz e toda a família do Bruno.

Abraços, Alessandra Sampaio.”


Compartilhe esse post

AGENDA DE LULA EM NATAL INCLUI ENCONTRO COM BORDADEIRAS DE TIMBAÚBA DOS BATISTAS

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: RICARDO STUCKERT

Acompanhado do pré-candidato a vice Geraldo Alckmin (PSB), o ex-presidente Lula (PT) deve cumprir agenda eleitoral no Nordeste este final de semana.

A primeira parada é na capital do Rio Grande do Norte, em Natal, nesta quinta-feira, 16, às 16h, na Arena das Dunas. Ambos se reunirão com os governadores da região para debater propostas para fome, miséria e pobreza.

Ao lado da mulher, Janja, o casal deve se encontrar ainda com as bordadeiras de Timbaúba dos Batistas que fizeram o vestido de noiva e as lembrancinhas do casamento dos dois.

JANJA COM O VESTIDO DE NOIVA CONFECCIONADO PELAS BORDADEIRAS DO RN. FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER

Ainda nesta quinta, o petista e Alckmin participarão da Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária, uma iniciativa do Consórcio Nordeste. O evento reunirá governadores, agricultores familiares, representados por cooperativas, associações e comunidades tradicionais.

Saindo de Natal, Lula e sua comitiva eleitoral chegarão em Alagoas para um encontro com apoiadores. O petista também se encontrará com o senador Renan Calheiros, o ex-governador Renan Filho e o atual governador do estado, Paulo Dantas, para tratar sobre o apoio do MDB à Simone Tebet, candidata à Presidência da república.

Fechando a agenda na Região, o pré-candidato do PT, estará neste sábado, dia 18, em Aracaju. Em evento, Lula fará o lançamento oficial das pré-candidaturas do senador Rogério Carvalho ao governo do estado, e ao Senado, com Valadares Filho e Márcio Macedo.

O evento reunirá lideranças dos partidos que já compõem a aliança no estado – PT, PSB, PV, Solidariedade e PCdoB –, apoiadores da pré-candidatura de Lula à Presidência, movimentos populares, sindicais e apoiadores dos municípios sergipanos.


Compartilhe esse post

CIRO DIZ RECONHECER RESULTADO DAS PESQUISAS, MAS AFIRMA QUE TEM “UMA FORÇA IMENSA” E “CONEXÃO COM O BRASIL”

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto e longe de marcar próximo ao ex-presidente Lula (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) tem mantido sua confiança nas alturas.

Em vídeo compartilhado nas redes sociais pelo ex-governador do Ceará, ele demonstra confiança em si mesmo e afirma que “O povo vai se rebelar e fazer surgir um novo Brasil”.

“É uma força imensa. Eu tenho conexão com o Brasil. Eu sei bastante bem, com muita humildade, que as pesquisas falam isso, falam aquilo, mas, quem está no chão, quem está no território, abraçando, conversando com as pessoas sente essa força monstruosa. O Brasil anda triste, obrigado a escolher entre o passado desastroso que produziu um presente trágico que estamos porque tem toda uma imensa força do sistema obrigando todo mundo a escolher agora entre o coisa ruim e o coisa pior”, diz, em referência a Lula e Bolsonaro.

Ciro acredita que o brasileiro é “rebelde” e diz que a “barragem vai arrombar e quando arrombar, vai ser uma Tsunami de esperança” e “de novo uma ferramenta de libertação”.

Veja a publicação

A “Tsunami” esperada por ele, no entanto, precisa ser, realmente imensa, isso porque a Pesquisa sobre a disputa pela Presidência da República realizada pelo Instituto FSB contratada pelo Banco BTG divulgada na última segunda-feira, 13, mostra o pedetista com apenas 9% das intenções de voto, bem distante de Bolsonaro, segundo colocado, com 32%. O ex-presidente Lula marcou 44%.


Compartilhe esse post

CRITÉRIO PARA A GLOBO RENOVAR CONCESSÃO SERÁ “100% TÉCNICO”, AFIRMA FÁBIO FARIA

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO/YOUTUBE/PODER360

Em entrevista para o Poder360, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou que o critério para renovar a concessão de TV da Rede Globo será “100% técnico”. A autorização de radiodifusão da Globo vence em 5 de outubro, 3 dias depois do 1º turno das eleições.

Segundo o ministro, até agora, a empresa não entrou com pedido formal de renovação. “Quando for dada a entrada, vai ter critério 100% técnico, não vai ter critério político. O presidente [Jair Bolsonaro] já falou sobre isso diversas vezes. Se tiver tudo ok e quiser renovação, será renovada. Se não tiver tudo ok, não será renovada”, declarou Fábio.

As concessões para exploração dos canais abertos de televisão duram 15 anos. A detentora da concessão pede a renovação ao Ministério das Comunicações, que encaminha parecer ao Palácio do Planalto. A Presidência envia sua posição ao Congresso, que tem a palavra final sobre a renovação ou não.

Assista à íntegra da entrevista com Fábio Faria (42min59s):

Com informações do Poder360


Compartilhe esse post

LULA CHAMA DE “CRETINICE” AFIRMAÇÃO DE BOLSONARO SOBE JESUS NÃO COMPRAR ‘PISTOLA PORQUE NÃO TINHA’

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: LEANDRO COURI/EM/D.A PRESS

O ex-presidente e Lula criticou a afirmação do presidente Jair Bolsonaro sobre Jesus Cristo não ter comprado “pistola porque não tinha” na época. Durante o primeiro evento ao lado de Alexandre Kalil (PSD), pré-candidato ao governo de Minas, nessa quarta-feira, 15, Lula classificou a fala do seu principal oponente nas eleições de outubro como “cretinice”.

““Ele (Bolsonaro) disse que se no tempo de Jesus Cristo tivesse pistola, ele teria comprado uma. Não é possível que uma pessoa que pensa algo assim – e fala uma cretinice dessa – diga que é cristão ou crê em Deus. Vocês podem ter certeza que o Deus de uma pessoa dessa não é o teu Deus e não é o meu. Meu Deus significa amor, humanismo, bondade, carinho e respeito pelos outros seres humanos”, disse Lula aos apoiadores”.

Ainda durante o dia de ontem, o petista repetiu seu pensamento sobre Bolsonaro em publicação no Twitter.

Em conversa com religiosos no Palácio do Planalto nessa quarta, Bolsonaro exaltou as armas como meio de proteção da população.

Na conversa, entre referências a países que têm legislação mais liberal sobre compra e porte de armas, como os Estados Unidos, um religioso africano afirmou: “Isso é recomendação do próprio Jesus. Antes de ser crucificado, ele mandou: ‘quem não tem espada, vende vestimenta e compra uma espada'”.

Bolsonaro interrompeu o interlocutor e emendou: “Ele não comprou pistola porque não tinha naquela época”.


Compartilhe esse post