Início » ITEP ATESTA QUE HOMEM ENCONTRADO EM VELEIRO À DERIVA NO RN MORREU POR DESIDRATAÇÃO E DESNUTRIÇÃO EXTREMAS

ITEP ATESTA QUE HOMEM ENCONTRADO EM VELEIRO À DERIVA NO RN MORREU POR DESIDRATAÇÃO E DESNUTRIÇÃO EXTREMAS

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: VINÍCIUS MARINHO

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) divulgou, nesta segunda-feira (30), o laudo com a causa da morte do homem encontrado no início do mês de maio morto em um veleiro acerca de 26 quilômetros da costa de Natal.

No laudo, assinado pelos peritos Elaine Cunha e Fernando Marinho, do Núcleo de Antropologia e Arqueologia Forense, consta que no corpo não foram encontradas marcas e nenhum tipo de lesão que indicasse morte violenta.

Diante das condições do corpo, foi atestado que o homem faleceu vítima de desnutrição e desidratação extremas. De acordo com os peritos, a morte ocorreu cerca de dois meses antes de o cadáver ser encontrado no veleiro. “O corpo já se encontrava mumificado, mas totalmente preservado”, afirmou Elaine Cunha.

Também foi possível determinar as seguintes informações: a etnia caucasiana, idade estimada entre 50 e 55 anos e altura por volta de 1,83m.

“O perfil genético dessa vítima já está traçado pelo laboratório de DNA do Itep. Chegando o DNA de algum familiar, rapidamente conseguimos fazer a comparação para saber quem é a pessoa”, destacou Fernando Marinho.


Compartilhe esse post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *