Início » Educação

Educação


“EXCLUSÃO DIGITAL DA MAIORIA DOS ESTUDANTES ESCANCAROU ATRASO, APATIA, LENTIDÃO E POBREZA CRIATIVA DOS QUE CONDUZEM A EDUCAÇÃO”

  • por
Compartilhe esse post

“Escolas públicas vão retornar às aulas presenciais com o desafio de superar um atraso educacional severo. Projetos e materiais didáticos, específicos, precisam ser implementados, desde o 1º dia. Estão prontos?”, questionou a ex-secretária de Educação do Rio Grande do Norte, utilizando um descontraído boomerang para ilustrar a publicação, sinalizando que: não, o necessário não está pronto para atender os estudantes que anseiam pelo retorno e aprendizagem que seguirá ainda mais defasada.

Além disso, a doutora em Educação sinalizou: “educação dos estudantes mais vulneráveis: há muito trabalho pela frente que requer competência técnica, agilidade e capacidade de realização dos agentes públicos”.

ENSINO DIGITAL

Cláudia Santa Rosa sinaliza que “analisar a Educação no contexto da pandemia aponta à necessidade de atualização de programas estruturados em formatos que, no passado, já foram magistrais. É o caso do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD) que fez do Brasil (Governo Federal) o maior comprador de livros impressos do mundo”.

A ex-secretária acrescentou ainda: “porém, a exclusão digital da maioria dos estudantes escancarou o nosso atraso, a apatia, lentidão e pobreza criativa dos que conduzem a Educação. Urge que avanços aconteçam com a mesma celeridade que o vírus mortal provocou o fechamento dos prédios escolares para as aulas”.


Compartilhe esse post

O FRACASSO DA BARRILHA E A EXPECTATIVA DO LÍTIO NO RN

  • por
Compartilhe esse post

POR BOSCO AFONSO

Sempre houve um questionamento sobre o nosso país ter deixado de produzir BARRILHA, um componente químico surgido através de composição do sal marinho e o calcário, ambos em grande quantidade na região polarizada por Macau. A primeira fábrica de barrilha foi instalada pelo governo federal, por meio da estatal Companhia Nacional de Álcalis (por conta da influência política) no Rio de Janeiro (RJ), na região de Arraial do Cabo, que mesmo ineficiente (o calcário provinha de conchas retiradas do mar) funcionou por mais de 50 anos até a sua inevitável falência.

Justamente, da Companhia Nacional de Álcalis – CNA, antes de sua total imersão, surgiu a subsidiária Álcalis do Rio Grande do Norte – ALCANORTE, em meados dos anos 1970, com a previsão de produzir inicialmente 300 mil toneladas/ano de BARRILHA, suficientes para abastecer o mercado interno (Indústrias química e petroquímica, de vidro, de sabões e detergentes e à metalurgia) e possibilidade de exportar.

Nenhuma explicação palpável houve para justificar o não funcionamento daquela indústria. Interesses até hoje desconhecidos impediram o funcionamento da unidade industrial da Alcanorte em Macau tendo aquele patrimônio se deteriorado até o seu sucateamento e que, juntamente com as sucatas da CNA se transformaram numa massa falida administrada, atualmente, pela empresa carioca MVR, designada pela justiça.

A parte de ferragens da Alcanorte foi toda vendida em leilão como “ferro velho”, assassinando o sonho de todos os norte-rio-grandenses, especialmente dos macauenses. Por meio de leilões, também irão o terreno da fábrica, a reserva de calcário, a Vila Industrial (com mais de 100 casas), o campo de pouso e a adutora (Pendências a Macau) hoje alocada à Caern para trazer água para a população de Macau e Guamaré. Retomamos esse assunto ao nos deparar, no site CANAL ENERGIA com uma manchete que nos remete aos sonhos sonhados e dizimados, que diz assim: “Energia sobe 292% em 20 anos e tira competitividade da indústria de cloro-álcalis”.


Se tratando de desenvolvimento industrial, o sonho dos macauenses em sediar a Fábrica de Barrilha está soterrado e a expectativa do Estado ser o único produtor desse produto químico em solo nacional está sepultada. Resta às autoridades do Rio Grande do Norte estimular as pesquisas em curso através do LAÍS/UFRN em busca do LÍTIO que compõe o nosso sal marinho como forma de incrementar novos horizontes, pois o Brasil já não poderá fabricar a barrilha utilizada pela sua própria indústria, mas com o LÍTIO poderá capitanear uma revolução industrial nacional.


Compartilhe esse post

CONFIRA RESULTADO DO CONCURSO PARA PROFESSOR NO RN

  • por
Compartilhe esse post

Secretaria de Estado da Administração – SEAD

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 – SEARH – SEEC/RN, DE 3 DE NOVEMBRO DE 2015

A Comissão Especial do Concurso Público, no uso de suas atribuições, considerando o disposto na Lei Complementar Estadual no 122, de 30 de junho de 1994, na Lei Complementar no 322, de 11 de janeiro de 2006, na Lei Estadual no 7.943, de 5 de junho de 2001, no Decreto Federal no 3.298 de 20 de dezembro de 1999, e no art. 37, inciso II, da Constituição Federal, torna pública a classificação geral do Concurso Público de Provas e Títulos do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Estado do Rio Grande do Norte, de acordo com as normas e condições estabelecidas no Edital n.º 001/2015 – SEARH-SEEC/RN, de 3 de novembro de 2015, em substituição à classificação geral relativa ao mesmo certame, publicada no Diário Oficial do Estado, Edição nº 14.854, de 02 de fevereiro de 2021 (Pág. 04 a 212).

RESULTADO FINAL DE APROVADOS – CLASSIFICAÇÃO GERAL SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO (SEAD)

CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 001/2015 – SEARH-SEEC/RN, DE 3 DE NOVEMBRO DE 2015 ANO 88 EDIÇÃO Nº 14.926 Diário Oficial RIO GRANDE DO NORTE 9 12 DE MAIO DE 2021 COMPONENTE Nº INSCRIÇÃO NOME DO CANDIDATO NOTA FINAL LOCAL DE INSCRIÇÃO CLASSIFICAÇÃO LOCAL CLASSIFICAÇÃO GERAL

Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648035872 Raynara Rocha Oliveira Da Silva 53 1º DIREC – NATAL 1º 1º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648012608 Alex Carlos Gadelha 52 12º DIREC – MOSSORÓ 1º 2º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648003569 Onária Belo De Sousa 51,5 15º DIREC – PAU DOS FERROS 1º 3º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648037045 Edmara Karla Pereira Dantas Gomes 51 10º DIREC – CAICÓ 1º 4º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648059960 Aline Nunes Paiva 51 12º DIREC – MOSSORÓ 2º 5º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648000622 Valéria Maria Pinheiro Queiroz 51 1º DIREC – NATAL 2º 6º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648015746 Amanda Alves Silva 51 1º DIREC – NATAL 3º 7º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648040013 Isabel Francisca De Souza 50,5 10º DIREC – CAICÓ 2º 8º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648026643 Maria Anésia Xavier Queiroz Lucena 50,5 14º DIREC – UMARIZAL 1º 9º Especialista de Educação – Suporte Pedagógico 648001614 George Eduardo Ferreira De Mesquita 50 15º DIREC – PAU DOS FERROS 2º 10º

Confira a publicação completa


Compartilhe esse post

UERN TEM NOVA REITORA ELEITA PARA MANDATO ATÉ 2025

  • por
Compartilhe esse post

A Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) acaba de eleger sua nova direção para o mandato que compreende o período de 201 a 2025. O encerramento da apuração aconteceu há pouco e a professora Cicília Raquel Maia obteve 2.218 votos, compreendendo 63,45% dos votos válidos, contra 1.094 (24,10%) dados ao professor Paulinho Silva e 650 votos (12,45%) conquistados pelo professor Adalberto Veronese.

O vice-reitor será o professor Chico Dantas que obteve 2.157 votos (62,16%), contra l.140 votos (21,15%) dados à professora Kelânia Freire e 654 votos (12,17%) da professora Maria José Vidal. A UERN, mantida pelo governo do estado, mantêm suas atividades nas cidades de Mossoró, aonde funciona a Reitoria, em Natal, Assu, Pau dos Ferros, Patu e Caicó.


Compartilhe esse post

MPRN DÁ PRAZO PARA PREFEITURA DE NATAL APRESENTAR CALENDÁRIO DE RETORNO ÀS AULAS

  • por
Compartilhe esse post

A Secretaria Municipal de Educação tem até a próxima quinta-feira (13), para apresentar ao Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) calendário de retorno gradual e híbrido, definindo datas para o início das aulas presenciais de cada etapa da Educação Básica, especialmente, da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

O documento destaca que, antes da efetiva reabertura do espaço escolar, o Município deve disponibilizar material de higienização adequado à rede pública de ensino, tais como lavatórios em funcionamento e em quantidade suficiente, sabão líquido, gel alcoólico (70%), toalhas de papel, bem como máscaras e demais itens de biossegurança.


Compartilhe esse post

UNIVERSIDADES FEDERAIS PODEM FECHAR POR FALTA DE DINHEIRO

  • por
Compartilhe esse post

Universidades como a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) já falam em interrupção de atividades a partir do próximo mês de julho. Essa é uma preocupação de todas as Universidades Federais que estão com a mesma verba de 2004 e com o dobro de alunos.

A constatação é feita pelo jornal carioca O Globo que na edição de hoje, sexta-feira (7), traz ampla matéria dizendo que o orçamento das universidades federais para gastos básicos como água e luz está no nível de 2004, quando tinha 18 instituições e 700 mil alunos a menos. A reportagem dos jornalistas Bruno Alfano e Jan Niklas começa dizendo que as universidades federais chegaram ao limite.

A verba disponível para investimentos e manutenção em 2021 caiu no patamar de 2004. No entanto, o Brasil agora tem mais que o dobro de alunos de 17 anos atrás. Por isso, algumas das mais importantes instituições como UFRJ e UNIFESP, já falam em interrupção das atividades a partir de julho.

A matéria de O Globo específica que os gastos discricionários vão desde as contas mais básicas como água, luz, limpeza e segurança, como pagamento de bolsas, compra de insumos para pesquisas e reformas prediais.

Com o orçamento muito baixo, alunos mais pobres perdem a ajuda que os garantem nas universidades, pesquisas são interrompidas e, agora que as universidades estão no limite, contas de água, de luz e de limpeza podem não ser pagas.


Compartilhe esse post

SENADO APROVA SUSPENSÃO DO PAGAMENTO DO FINANCIAMENTO ESTUDANTIL

  • por
Compartilhe esse post

Em sessão realizada na tarde de ontem, quarta-feira (5), o Senado Federal aprovou a suspensão temporária do Financiamento Estudantil. A princípio, a proposta inicial, do senador Jayme Campos (DEM-MT), a medida valeria por 180 dias, a partir de 1º de janeiro, no entanto, o relator da matéria, senador Dário Berger (MDB-SC), acatou outras emendas e ampliou o prazo para o final do ano.

“Como estamos no mês de maio, o benefício para os estudantes brasileiros, ocorreria nos meses de junho a julho. Portanto, acho muito justo e muito legítimo, que possamos prorrogar esse benefício até o dia 31 de dezembro de 2021”, segurou o senador Berger. O texto agora precisa ser aprovado pela Câmara dos Deputados.


Compartilhe esse post

ESTUDANTES DE NATAL PROMOVEM ENCONTRO ENTRE ESCOLAS PARA REIVINDICAR RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS

  • por
Compartilhe esse post

Após divulgação de Carta Aberta ao Governo do Estado, escrita por estudantes do Colégio das Neves, próxima iniciativa é marcar uma audiência com a governadora Fátima Bezerra Os estudantes do Colégio Nossa Senhora das Neves e de outras escolas de Natal como o CEI, Marista e Porto, estão promovendo um encontro que acontecerá na tarde desta quarta-feira (5), a partir das 15h, no Neves.

Juntos, os estudantes pretendem organizar suas ideias, expor suas opiniões, pensar em protocolos mais eficazes para cada instituição e explicar que as escolas públicas e privadas são espaços sadios de convivência e integração.

Na segunda-feira (3), estudantes da escola redigiram e publicaram uma carta aberta ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, defendendo o retorno das aulas presenciais para todos os níveis, nas escolas públicas e privadas, e expondo as dificuldades do ensino remoto. Além do encontro, também foi solicitada uma audiência com o Governo do Estado, em que os representantes das escolas planejam reafirmar o desejo do retorno às aulas presenciais.


Compartilhe esse post

O MUNDO TÁ VIRADO. ESTUDANTE QUER AULA E PROFESSOR NÃO ACEITA

  • por
Compartilhe esse post


A Pandemia do Coronavírus mudou o mundo. Mudou os hábitos, as vontades, as necessidades e até inverteu situações. Em Natal, está ocorrendo algo no mínimo, inusitado: Os estudantes estão fazendo movimento para assistir aulas; os professores não querem ir para as salas de aulas. Virou tudo.


Os dois segmentos têm razão: Os educadores só querem dar aulas após todas as proteções possíveis para evitar riscos de contaminação pelo Coronavírus. O clima é de assombração. A cada dia morre mais um profissional, um amigo, um parente, um vizinho, um conhecido… E vamos contando os mortos com medo de ser a próxima vítima. O professor só quer ir para a sala de aula vacinado; ou protegido. Para isso, ele entra na Justiça, não quer que a Educação seja considerada atividade essencial; é uma verdadeira loucura a ‘bagunça’ que o Coronavírus provocou na vida de todo mundo.

Os estudantes em geral, que tradicionalmente não nutrem muito apego espontâneo pela sala de aula, estão em conflito com os professores e querem voltar às aulas de qualquer maneira. Dá para entender?
Diante da situação de conflito de decretos, politização da Pandemia e disputa de ego, os estudantes querem até falar com a governadora Fátima Bezerra para que a professora filha de Dona Luzia tome posição e determine a volta às aulas


Realmente, o mundo está virado. A Pandemia mudou tudo. Há estudante que quer aula; professor que não quer; médico brigando com médico; prefeito brigando com governadora…
Quando chegar a vacina em quantidade suficiente, aí sim, voltaremos à normalidade. Será?


Compartilhe esse post

PROUNI ABRE INSCRIÇÕES PARA VAGAS REMANESCENTES 2021.1; CANDIDATOS TÊM DIFICULDADE EM ACESSAR PÁGINA

  • por
Compartilhe esse post

Site do Prouni atualizada com ícone para a inscrição em bolsas remanescentes. — Foto: Reprodução/Prouni/MEC

Abre nesta segunda-feira (3), as inscrições para vagas remanescentes, aquelas que não foram preenchidas nas chamadas anteriores, do Programa Universidade para Todos (Prouni). Os interessados terão até as 23h59 de terça-feira (4) para se candidatarem. As inscrições devem ser feitas no site http://prouniportal.mec.gov.br/ . O resultado será divulgado em 7 de maio.

O Prouni é um programa que incentiva o acesso ao ensino superior, oferecendo bolsas de estudos parciais e integrais para estudantes fazerem graduação em universidades privadas. É diferente do Fies, que não concede bolsa e sim financiamento aos candidatos.

Página de inscrição com erro ao acessar

No início da manhã desta segunda, candidatos relataram dificuldade em acessar a página de inscrição do MEC. O site http://prouniportal.mec.gov.br/ está atualizado com o ícone “fazer a inscrição”, mas ao clicar nesta opção, a página não carrega (veja imagem abaixo).

Página de inscrição para vagas remanescentes do Prouni não estava abrindo na manhã desta segunda-feira (3). — Foto: Reprodução/prouniremanescentes.mec.gov.br
Página de inscrição para vagas remanescentes do Prouni não estava abrindo na manhã desta segunda-feira (3). — Foto: Reprodução/prouniremanescentes.mec.gov.br

Quem poderá se candidatar?

Poderá concorrer à bolsa do Prouni quem:

  • Fez ensino médio em escola pública ou foi bolsista em escola particular
  • É estudante com deficiência, de escolas públicas e privadas
  • Não tem diploma de graduação
  • Fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
  • Tirou 450 pontos na média das notas do exame
  • Não zerou na redação
  • Tem renda familiar mensal bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo, para bolsa integral
  • Tem renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 salários mínimos para bolsas parciais (50%)
  • Ser professor da rede pública trabalhando na educação básica – independente da renda

Neste ano, pela primeira vez, os candidatos poderão usar as notas obtidas em qualquer uma das edições dos últimos dez anos, incluindo o Enem 2020, que foi feito em março – depois da abertura da chamada regular.

Quem for aprovado deverá comprovar as informações entregando documentos nas instituições que escolheram estudar. Confira abaixo as datas:

Cronograma do Prouni 2021

  • Inscrições: 3 e 4 de maio
  • Resultado: 7 de maio
  • Entrega de documentos: 10 a 13 de maio

Compartilhe esse post

INSCRIÇÕES PARA CONCURSO DE PROFESSOR SUBSTITUTO DA UFRN VÃO ATÉ O PRÓXIMO DIA 5

  • por
Compartilhe esse post

Oferecendo salários que variam entre R$ 3.700,00 a R$ 6.200,00, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN abriu inscrições de processo seletivo para professor substituto, desde a última sexta-feira, dia 23. Os interessados deverão fazer suas inscrições até o próximo dia 5 de maio, através do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SigRH).

O concurso de professor substituto irá contemplar o Instituto Metrópole Digital, na área de Desenvolvimento para Dispositivos Móveis e a Escola Multicamp de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte e a Escola de Música. O processo seletivo, que ocorrerá no período de 26 de maio a 4 de junho, consistirá das etapas: análise curricular/prova de títulos e prova didática.

A lista, contendo os documentos exigidos nesta etapa, está disponível no Edital nº 28/2021, disponível no Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SigRH).


Compartilhe esse post

VEREADOR DE NATAL DETONA SENADOR QUE QUER EDUCAÇÃO FORA DAS ATIVIDADES ESSENCIAIS

  • por
Compartilhe esse post

Na última segunda-feira (26), enquanto o Ministério Público alegava que a educação era uma atividade essencial mesmo em plena pandemia da COVID-19 e por isso as aulas presenciais deveriam voltar a funcionar com as precauções necessárias, o senador petista do Rio Grande do Norte, Jean-Paul Prates, líder da minoria no Senado Federal defendeu a retirada de pauta do Projeto de Lei 5595/2020 que inclui a educação básica e superior entre as atividades essenciais, justificando que o país ainda poderá ter um verdadeiro “tsunami” se houver aglomerações.


Hoje, sem explicar as razões do posicionamento do senador Jean-Paul sobre a matéria, o vereador Klaus Araújo (Solidariedade) detonou o senador petista em pronunciamento na Câmara Municipal de Natal, quando registrou o fato de que o Líder da minoria no Senado havia pedido a retirada do Projeto de Lei que reconhece a essencialidade da educação. Em sua fala, em determinado trecho da gravação de cerca de 2 minutos, o vereador Klaus Araújo ironiza: “que danado de representante é esse que não entende que a educação é essencial?…”


Veja aqui o vídeo:


Compartilhe esse post

GOVERNO NÃO CUMPRIRÁ DECISÃO DE RETORNO DA EDUCAÇÃO ESTADUAL; SINDICATO AFIRMA QUE PROFESSORES SÓ VOLTARÃO VACINADOS

  • por
Compartilhe esse post

Nesta sexta-feira (27), o secretário de Educação do RN, Getúlio Marques, declarou que a decisão da Justiça foi ao encontro do que está sendo realizado no estado. Como argumento, sinalizou que o governo já tinha um acordo firmado para entregar, até 12 de maio, um plano de retomada para a volta às aulas; motivo pelo qual o Governo recorrerá decisão, que foi publicada no último sábado (24) e atendeu parcialmente um pedido liminar de urgência feito pelo Ministério Público do Estado.

DECISÃO

A Justiça, por meio de decisão do juiz Artur Cortez Bonifácio, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, determinou que o governo do Rio Grande do Norte permita a volta às aulas presenciais em em todos os níveis de ensino básico nas redes pública e privada de ensino no estado em um prazo de 48 horas.

BIOSSEGURANÇA 

Ainda segundo o gestor da pasta, o problema não é a escola, são as condições fora da escola. “Vamos defender que a pandemia tem que estar um pouco mais reduzida para que a gente possa fazer esse retorno nas escolas públicas”, esclareceu Getúlio Marques.

SINDICATO 

O sindicato, representando professores da rede estadual de ensino, ressaltou que os profissionais só devem voltar ao trabalho presencial nas escolas públicas do Rio Grande do Norte depois da vacinação em massa da categoria. A declaração foi realizada após a Justiça estadual determinar que o governo autorize a volta às aulas nas escolas públicas e privadas. Agora, a categoria ameaça greve, caso tenha necessidade. 

DERRUBADA DE LIMINAR 

Além disso, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte) pontuou que vai protocolar uma Reclamação Constitucional junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar derrubar a decisão liminar do juiz Artur Cortez Bonifácio, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, concedida a pedido do Ministério Público.

DECRETO

O decreto estadual em vigor permite a volta às aulas para turmas até o 5º ano do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio em formato híbrido – presencial e remoto – nas redes pública e privada. Entretanto, o estado ainda não tem data para retomada das aulas nas escolas públicas.

CONDIÇÕES DE RETORNO

Segundo a entidade, o tema foi discutido em assembleia virtual realizada nesta segunda-feira (26) ao longo de quatro horas e meia, com quase 800 professores. Outras condições para o retorno presencial seriam a redução da ocupação dos leitos críticos, a garantia de biossegurança nas escolas e o índice de transmissibilidade abaixo de 1. Uma nova assembleia virtual acontecerá no dia 13 de maio. 


Compartilhe esse post

CONFIRA COMO ACONTECE A INCLUSÃO DE CRIANÇAS SURDAS NO ENSINO REGULAR

  • por
Compartilhe esse post

Intérprete de Libras ressalta a importância da utilização de diversos recursos para o ensino de crianças surdas, assim como o acompanhamento do intérprete na vida social de quem usa esta linguagem

Falar sobre a educação de surdos no ensino regular também é falar de inclusão escolar. Comemorado no dia 24 de abril, o Dia Nacional de Libras foi instituído nesta data por causa de uma lei federal de 2002, que reconhece a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como meio legal de comunicação e expressão. Mesmo sendo uma das línguas utilizadas no país, a Libras ainda não é de fácil acesso e no ensino regular é da mesma forma.

Pessoas com deficiência auditiva que se comunicam por meio de Libras necessitam, na maioria dos casos, do suporte de um intérprete para interagir com outras pessoas. Como é o caso da estudante Ana Luiza, surda implantada, que frequenta o 9º ano no Colégio das Neves, em Natal. Ela utiliza Libras em boa parte da sua comunicação e é acompanhada em suas atividades diárias pela pedagoga e pós-graduada em Educação Especial e Libras, Beatriz Martins.

A intérprete explica que o processo de educação inclusiva abrange diversos aspectos da aprendizagem, dentre eles, o ensino da Libras. “É importante que o estudante se sinta acolhido e valorizado no ambiente escolar e, para que isso ocorra, é necessário um processo de socialização entre a comunidade educativa, por meio do professor de Libras, juntamente com os demais docentes”, completa.

Além da interação com a comunidade escolar, durante as aulas é necessário que a comunicação visual esteja presente sempre que possível, como explica Beatriz, pois dessa forma a educação se tornará acessível e o estudante estará incluído no âmbito escolar, tendo seus direitos respeitados. “Para que não haja o bloqueio ou barreira na comunicação, o discente faz uso da Libras e da Língua Portuguesa escrita (bilinguismo), assim como também é necessário, para que o processo de aprendizagem aconteça, usar de recursos visuais, como imagens, vídeos, materiais concretos”, conclui.

Carla Amaral, mãe de Ana Luiza, conta que no começo da vida escolar da filha, procurava uma escola perfeita, realmente adaptada e voltada para a inclusão, mas percebeu o quão distante aquela ideia estava. Em 2014 chegaram ao Colégio das Neves. “Até então, eu me sentia angustiada e decepcionada, enquanto Aninha estava traumatizada, totalmente desestimulada e desacreditada por experiências anteriores”, conta.

Porém, Carla aprendeu que confiar é o passo principal do processo, além de nunca duvidar da capacidade de superação e adaptação dos filhos. “Eu confiei e encontrei um ambiente saudável, onde Aninha se sente ‘parte’ e não ‘à parte’. Sou muito grata à escola e à professora Beatriz pelo empenho, paciência e muito carinho dedicado, principalmente nestes tempos de pandemia. A comunidade escolar vem se reinventando e buscando soluções para vencer as barreiras do distanciamento e as dificuldades que a tecnologia traz para o surdo. Isso sim para mim é inclusão, são os detalhes que vão para além de uma sinalização ou possibilidade de acesso físico”, explica.

Ana Luiza também participou da entrevista e passou seu recado, em Libras: “Libras precisa de respeito. Hoje faz 19 anos da Lei da Libras, é dia de comemorar”, finaliza.

Fonte: Ideia Comunicação.


Compartilhe esse post

BIOSSEGURANÇA NAS ESCOLAS: ÁLVARO DIAS FIRMA PARCERIA PARA IMPLANTAÇÃO DE PROTOCOLOS

  • por
Compartilhe esse post

A Prefeitura de Natal assinou nesta quinta-feira (22), uma parceria com o Sebrae-RN e Sesi-RN para executar o programa de Bioprevenção nas 146 unidades de ensino da Rede Municipal de Natal, com o propósito de oferecer consultoria e auxiliar à execução do Protocolo para Retorno das Atividades Escolares da Rede Municipal de Ensino, sendo Natal o município pioneiro desta parceria.

O município de Natal já começa a parceria com o diagnóstico de cada protocolo das 146 unidades escolares, já realizando visitas presenciais e formação dos servidores e funcionários. O passo final é a entrega do Certificado e Selo de Bioprevenção para cada unidade de ensino. A sede e os servidores da Secretaria Municipal de Educação também estão inseridos no programa.

O prefeito Álvaro Dias destacou a importância do convênio que visa dar maior segurança sanitária à comunidade escolar municipal. “É muito importante o nosso convênio com o Sebrae e o Sesi porque vai nos ajudar a aperfeiçoar o protocolo que estamos estabelecendo nas escolas para proteger os alunos e também, mais importante, é que o Sebrae, em conjunto com a equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação, acompanhará toda a instalação e o cumprimento do protocolo”,  afirmou o prefeito, ressaltando que a medida visa a proteção dos alunos da rede. “É um projeto fundamental para que as escolas voltem a funcionar com segurança”, finalizou. 

Para a professora Cristina Diniz, a parceria do Sebrae e SESI é de fundamental importância para toda Rede Municipal de Ensino. “É um projeto que vai trazer uma contribuição social relevante. Os nossos centros de educação infantil e nossas escolas passarão a ter o selo e certificado de segurança, e colocarão em prática medidas preventivas para assegurar tranquilidade aos pais, alunos, professores e funcionários”.

“Fizemos um piloto em três escolas, que estão norteando a nossa atuação nas 72 escolas da primeira fase, somente aqui em Natal, mas queremos atender as 146 unidades, inclusive as unidades menores”, afirmou o presidente do Sebrae, Zeca Melo. “O projeto nasceu em função do êxito que nós tivemos com o projeto das escolas particulares de Natal”, ressaltou, afirmando que é o mesmo desenvolvido na rede privada de ensino. O projeto é custeado pelo Sebrae e pela Femurn, e executado pelo Sesi, também parceiro, sendo uma garantia de qualidade. 

Com a efetivação de toda capacitação as unidades de ensino serão sinalizadas com uma comunicação visual adequada, oferecendo melhores condições para a segurança sanitária e saúde coletiva dos alunos, funcionários e servidores públicos.


Compartilhe esse post