Início » BRUNO E DOM FORAM MORTOS POR DISPAROS DE ARMA DE CAÇA, APONTA PERÍCIA DA PF

BRUNO E DOM FORAM MORTOS POR DISPAROS DE ARMA DE CAÇA, APONTA PERÍCIA DA PF

  • por
Compartilhe esse post

FOTO: REPRODUÇÃO

A Perícia da Polícia Federal indicou que o jornalista inglês Dom Phillips e o indigenista brasileiro Bruno Pereira foram mortos a tiros de uma arma de caça. Os exames também confirmaram que parte dos restos mortais são mesmo de Bruno.

O exame, realizado pelos peritos da PF, indica que a morte de Dom foi causada por “traumatismo toracoabdominal por disparo de arma de fogo com munição típica de caça, com múltiplos balins [chumbinhos presentes em cartuchos de espingarda], ocasionando lesões principalmente sediadas na região abdominal e torácica”.

Segundo a perícia, ele foi atingido por um tiro.

Já a morte de Bruno Pereira, segundo a PF, foi “causada por traumatismo toracoabdominal e craniano por disparos de arma de fogo com munição típica de caça, com múltiplos balins”.

A PF diz ainda que, segundo a perícia, o indigenista foi atingido por dois tiros no tórax/abdômen e um outro tiro na face/crânio.


Compartilhe esse post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *