Início » ESCOLA EMITE NOTA APÓS DENÚNCIA DE IMPORTUNAÇÃO SEXUAL

ESCOLA EMITE NOTA APÓS DENÚNCIA DE IMPORTUNAÇÃO SEXUAL

  • por
Compartilhe esse post

Após a circulação do vídeo da mãe de uma aluna que denunciou a escola Luminova, do grupo da Mapple Bear e Porto, de negligenciar a importunação sexual sofrida por sua filha de 12 anos, a instituição de ensino emitiu uma nota afirmando que prestou assistência à aluna.

Confira a nota da escola Luminova na íntegra:

A respeito de vídeo que circula nas redes sociais, em que a mãe de aluna da Escola Luminova reporta episódio envolvendo sua filha, importunada por um aluno especial de 11 anos de idade, que era acompanhado em tempo integral por uma auxiliar responsável pelo suporte pedagógico fornecida pela Luminova, é necessário esclarecer que:

1 – O episódio, em que a aluna foi empurrada pelo colega, ocorreu há 11 dias, em um gesto rápido que fugiu à ação imediata da auxiliar responsável pelo suporte pedagógico. Na ocasião, um grupo formado por três profissionais que atuam na escola – a coordenadora, a psicóloga escolar e a psicopedagoga – imediatamente realizou o acolhimento da aluna em uma sala da direção, oferecendo suporte e assistência, e entrou em contato com a família;

2 – Desde então, a mãe e a escola estão em contato constante com o objetivo de acolhimento da família, para que a aluna se sinta segura para o retorno à rotina escolar. A mãe foi recebida pela coordenação e por três sócios-diretores em diferentes ocasiões, com o diálogo aberto em busca da melhor solução à família;

3 – A mãe manifestou à escola, desde os primeiros contatos, o desejo de transferir sua filha para outro colégio, por achar que não havia ambiente para retomar o convívio com o colega. Diante disso, os diretores prontamente ofereceram o completo ressarcimento dos custos com material e fardamento à família;

4 – Junto à família do aluno envolvido no episódio, a escola Luminova também manteve o diálogo permanente, com a devida atenção às normas relacionadas à condição especial da criança e às orientações pedagógicas, médicas e jurídicas cabíveis na situação. Importante informar que a criança não estuda mais na Luminova, tendo sido retirado da escola por decisão de sua família;

Em contato na manhã de hoje com a mãe da aluna, a Luminova reforçou junto a ela sua empatia com o ocorrido e disposição em oferecer acompanhamento psicológico e pedagógico à aluna também no seu processo de retorno às aulas, para que ela se sinta acolhida e possa retomar a vida escolar com alegria, segurança e tranquilidade. No entanto, a escola foi surpreendida com os relatos da mãe, através das redes sociais, onde demonstrou sua insatisfação. Insatisfação essa ampliada por não ter sido garantida a transferência da aluna para uma outra escola de mensalidade mais cara, pagando valores bem abaixo dos praticados por essa instituição, conforme ela propôs aos sócios da Luminova.

Nunca faltou acolhimento, prontidão e empatia da escola Luminova no acolhimento à família. A escola reafirma que permanece aberta ao diálogo e a quaisquer esclarecimentos necessários.

Com informações do site da jornalista Juliana Celli


Compartilhe esse post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *