Início » CIRO GOMES: “GRANDE MOTIVO DA VITÓRIA DO BOLSONARO FOI O SENTIMENTO GENERALIZADO CONTRA O PT”

CIRO GOMES: “GRANDE MOTIVO DA VITÓRIA DO BOLSONARO FOI O SENTIMENTO GENERALIZADO CONTRA O PT”

  • por
Compartilhe esse post

Ciro Gomes é alvo de inquérito da PF por ter criticado Bolsonaro em  entrevista - Jornal O Globo
O ex-ministro Ciro Gomes Foto: Ailton de Freitas / Agência O Globo

O candidato à Presidência pelo PDT Ciro Gomes começou a semana lançando série direcionada ao desmonte das fake news que, segundo ele, enganam muita gente de boa-fé. Por meio de vídeo, o ex-ministro comenta algumas postagens “mentirosas” que os adversários dele costumam jogar nas redes em época de eleições.

Começando não diferente do habitual, passando longe de uma comunicação não-violenta, Ciro Gomes diz: “ninguém é obrigado a gostar de mim. Se a pessoa não concorda com as minhas ideias, com os meus projetos para o Brasil, tudo bem”.

Ele prossegue, explicando: “O problema é quando essa pessoa rejeita você com base numa informação falsa ou deturpada, e usa a velha técnica de repetir uma mentira mil vezes, tentando que se torne verdade” Ciro busca esclarecer a “campeão das fake news” contra ele, que fortalece a ideia de que possui culpa na vitória do Bolsonaro, porque segundo eles (Partido dos Trabalhares – PT), ao invés de apoiar o Haddad, o candidato foi para Paris.

“Essa mentira tem autor e endereço bem conhecidos. Quem inventou e ainda faz circular essa fake news é o PT. É uma forma hipócrita e muito cômoda de desviar o foco da verdade”, comenta. Ciro Gomes ressalta que, antes de viajar, declarou seu voto ao Haddad. Depois, pontua que voltou a tempo de votar nele, no segundo turno.

“É preciso votar pela democracia, contra a intolerância, contra a discriminação. Mas, passando isso, quer que seja o resultado, o Brasil vai estar num momento gravíssimo de aprofundamento da divisão, do estigma do ódio, da violência política, e eu que já venho tentando denunciar isso há algum tempo, agora darei coerência: vou proteger o povo brasileiro, daquilo que eu puder, criando um caminho novo, fora dessa polarização (…)”, relembrou declaração concedida à TV Globo, no Ceará.

Ainda na publicação, ele relembra que todas as pesquisas mostravam que quase 100% dos seus eleitores votariam em Haddad contra Bolsonaro, e votaram. Portanto, de acordo com ele, não faria nenhuma diferença subir num palanque em que, aliás, ele sempre foi hostilizado.

“Os votos já estavam garantidos. Mas, seriam insuficientes para mudar o resultado. Vamos encarar a realidade. Todo mundo sabe que o grande motivo da vitória do Bolsonaro foi o sentimento generalizado contra o PT”, relembra.

Além disso, ele destaca: “a cúpula do partido (PT) sabia disso, mas insistiu em ter candidato próprio, em jogar o Haddad às feras, depois de passar meses, vendendo a fake news de que o candidato seria Lula. Todos lembramos disso”.

Ciro finaliza dizendo: “quiseram, depois, me fazer de bode expiatório, inventando mais uma fake News. Se você observar bem, é fake news dentro de fake News: a candidatura fake de Lula, a candidatura artificial de Haddad e a busca de um bode expiatório. É mentira demais para uma derrota construída por eles”.

Veja vídeo:


Compartilhe esse post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *