Início » “FOI HUMILHAÇÃO TOTAL”, DISSE HOMEM NEGRO PARAPLÉGICO RETIRADO DE SEU VEÍCULO A FORÇA PELA POLÍCIA NOS EUA

“FOI HUMILHAÇÃO TOTAL”, DISSE HOMEM NEGRO PARAPLÉGICO RETIRADO DE SEU VEÍCULO A FORÇA PELA POLÍCIA NOS EUA

  • por
Compartilhe esse post

Reprodução/Internet

Vídeos que circulam pelas internet mostram um homem negro de 36 anos sendo humilhado durante uma abordagem policial no estado de Ohio, no centro-oeste dos Estados Unidos. Os oficiais da polícia de Dayton queriam que Clifford Owensby saísse do carro. Mesmo o homem afirmando diversas vezes que era paraplégico, os agentes o arrastaram pelos cabelos para fora do automóvel.

O caso aconteceu no dia 30 de setembro. É possível ouvir um policial dizendo para Clifford sair do carro e ele respondendo que é paraplégico e por isso não consegue fazer isso.

No vídeo, os agentes pedem várias vezes para ele sair do veículo e oferecem ajuda. Ele se recusa a sair e é retirado à força, mesmo dizendo que está sendo machucado.

Segundo as autoridades, o carro foi parado por ter saído de uma casa onde haviam pessoas suspeitas de tráfico de drogas.

Os oficiais acharam uma bolsa com 22 mil dólares no carro. O homem não foi acusado de nenhum crime relacionado a drogas.

“Eles me arrastaram do carro como um cachorro, um lixo. Foi humilhação total”, disse Clifford Owensby em entrevista à imprensa americana.

O departamento de polícia de Dayton emitiu um comunicado. Segundo o órgão, os oficias agiram de acordo com o treinamento que receberam. “Os policiais seguiram a lei, seu treinamento e as políticas e procedimentos departamentais. Às vezes, a prisão de indivíduos inconformados não é bonita, mas é parte necessária da aplicação da lei para manter a segurança pública, que é uma das ideologias.

Entretanto, para Derrick Foward, da Associação Nacional para o Avanço de Pessoas de Cor, “Puxar este homem para fora do carro, pelos cabelos — um paraplégico — é totalmente inaceitável, desumano e coloca uma luz negativa em nossa grande cidade de Dayton, Ohio”, afirmou em entrevista ao jornal The Washington Post.

O vídeo da ação polícial é forte e chocou internautas que se revoltaram com a atitude. Veja a seguir:

Reprodução/Twitter

*Com informações do G1 e Metrópoles


Compartilhe esse post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *